Menu
quinta, 20 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Com o Pró Pantanal, Sebrae/MS dá apoio para ações no turismo de base comunitária

06 julho 2022 - 11h07Assessoria Sebrae

Com a presença espalhada de comunidades ao longo do rio Paraguai e a potencialidade delas em empreender, o turismo de base comunitária está sendo trabalhado em algumas localidades a partir do apoio do Sebrae/MS e a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FundturMS). Essa ação está inserida dentro do Pró Pantanal, Programa de Apoio à Recuperação Econômica do Bioma Pantanal.

Entre as etapas para estruturação dessa ação, o Seminário de Turismo Responsável, realizado em Corumbá, na Associação Comercial e Empresarial da cidade, no dia 28 de junho, reuniu empresários do trade turístico da Capital do Pantanal para reafirmar parcerias e discutir inovações que favoreçam as comunidades e as empresas. O encontro foi realizado com apoio da Prefeitura de Corumbá, a Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, o programa Trilhar MS e a Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

O seminário contou com a presença de empresários que atuam com a pesca esportiva no rio Paraguai e já desenvolvem medidas responsáveis no setor do turismo, além de donos de pousadas e agências, e proprietários de fazendas que atuam com o turismo rural na região do Pantanal, em Corumbá.

Bruno Wendling diretor-presidente da FundturMS, e Isabella Fernandes, coordenadora estadual do Pró Pantanal, acompanharam o seminário. Ministraram palestra no evento Gustavo Pinto, presidente do Instituto Vivejar – que tem experiência em desenvolver o turismo de base comunitária no Rio Grande do Norte, em Mato Grosso e em São Paulo; Marianne Costa, consultora do Sebrae/MS; e Kelven Lopes, especialista nacional em turismo de pesca, com ações desenvolvidas no Amazonas, Roraima, Mato Grosso.

O apoio do Sebrae/MS e da FundturMS a essa modalidade de turismo favorece no desenvolvimento econômico e social das comunidades. Ainda contribui na proteção ambiental da região e fortalece o sentimento de pertencimento e autoestima dos moradores ribeirinhos. “O turismo de base comunitária é um tipo de turismo cada vez mais procurado por vários perfis de turistas que não querem só conhecer belas paisagens naturais, mas também querem imersão na cultura local”, aponta Bruno Wendling, diretor-presidente da FundturMS.

Isabella Fernandes, coordenadora estadual do Pró Pantanal, indica que há uma complementaridade importante entre os diferentes atores do trade turístico para promover o desenvolvimento local. “O Sebrae e a FundturMS mostraram o trabalho que está sendo feito em prol do turismo de base comunitária e os empresários do trade estão envolvidos. A pesca é parceira nas comunidades e os empresários desenvolvem um turismo responsável.”

Marianne Costa, consultora do Sebrae/MS, explica que uma próxima etapa da ação envolve definir um roteiro turístico que vai abranger a região do Paraguai Mirim. “Falamos do Paraguai Mirim e de outras comunidades onde o turismo de pesca atua. Estamos fomentando o desenvolvimento de um roteiro específico de turismo de base comunitária. Esse projeto envolve regiões onde têm mergulho. Há mentorias para negócios. Os empreendimentos familiares que ficam na região do Paraguai Mirim estão sendo acompanhados pelo Sebrae/MS”, detalha.

A empresária Lídia Leite, do balneário Recanto Vale do Sol, comenta que a exposição feita durante o seminário vai ajudar o trade turístico em Corumbá a aprimorar ações. “Foi muito proveitoso, sinto que vai alavancar o turismo em nossa região. Ouvindo todos os palestrantes, medidas positivas irão nos ajudar.”

Participaram, no evento, em torno de 50 pessoas, envolvendo representantes da Câmara Municipal de Corumbá; da Fundação de Turismo do Pantanal, vinculada à Prefeitura de Corumbá; da Fundação de Turismo de Ladário, vinculada à Prefeitura de Ladário; da Associação Corumbaense das Empresas de Turismo (Acert); do Instituto do Homem Pantaneiro (IHP); do Instituto Moinho Cultural; e empresários que atuam nos municípios de Corumbá e Ladário.

Pró Pantanal

O Pró Pantanal – Programa de Apoio à Recuperação Econômica do Bioma Pantanal é uma iniciativa do Sebrae para fomentar atividades econômicas nos eixos do turismo, da economia criativa e do agronegócio existentes no Pantanal.

O programa ainda tem apoio da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (FAEMS), Instituto do Meio Ambiente de MS (Imasul) e Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Para obter mais informações sobre o programa Pró Pantanal e suas ações, fale com o Sebrae, pelo pelo número 0800 570 0800. Visite o site oficial do programa clicando aqui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Falta de navegabilidade já impacta atuação de combate ao fogo no Pantanal
Programação
Arraial do Banho de São João em Ladário acontece de 20 a 23 de junho
Estado
Aprovados no concurso público da Saúde de MS são convocados para posse
Incêndios
Reunião entre Governo do estado e MMS alinham ações para ampliar atuação no Pantanal
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Emprego e Renda
Vereador sugere estrutura para transformar terminal em um centro comercial
Maus Tratos
Civil resgata cães abandonados em imóvel fechado no bairro Guatós
Arraial
Termina hoje inscrição para Concurso de Quadrilhas; Andores e Miniandores prazo é amanhã
Ladário
Incêndio atinge região da Apa Baía Negra
Confira
Banho de São João faz mudanças no trânsito de Corumbá

Mais Lidas

Bombeiros
Plantão registra cinco enxames de abelhas e três incêndios em terrenos baldios
Queimadas
Fogo destrói ponte de madeira na Estrada Parque
Dsdobramentos
Prefeitura divulga resultado preliminar da avaliação psicológica do Concurso da Guarda Municipal
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta