Menu
sexta, 14 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Coletiva: sem Marquinhos Trad, advogadas dizem que vão pedir investigação da denúncia

26 julho 2022 - 14h56Redação

As advogadas Andrea Flores e Rejane Alves de Arruda, que atuam na defesa do ex-prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad, concederam coletiva de imprensa nesta terça-feira (26) para esclarecer fatos importantes sobre o inquérito da Polícia Civil que investiga suposto “assédio” cometido pelo pré-candidato ao governo do estado.  Durante pronunciamento, as advogadas relataram que solicitarão investigação policial para vários crimes do qual Marquinhos, segundo elas, está sendo vítima. 

“Vamos solicitar abertura de inquérito para investigar denunciação caluniosa e já temos a autoria dela. Inquérito para apurar violação de segredo. Precisamos deixar muito claro que Marquinhos nos procurou depois que já havia sido vinculado trechos destas moças procurando autoridade policial. Um inquérito por crime de abuso de autoridade, tudo já formalizado. Vamos provar que houve crime sim, mas não foi Marquinhos quem praticou, mas estas pessoas que estão fazendo armação e são ligadas a candidato opositor”, declarou Andrea. 

Durante o inquérito, a delegada responsável chegou a pedir medida protetiva de urgência para as mulheres, o que foi indeferido pela justiça por entender que não era caso de violência doméstica, familiar ou íntima de afeto. Na segunda decisão, a juíza negou apreensão do celular de Marquinhos, o que no entendimento da defesa demonstra a fragilidade da investigação. 

“Pessoas estão sendo aliciadas, recebendo dinheiro para chegar em autoridades e contar mentiras, histórias fraudulentas, para formar um inquérito contaminado de mentiras”, pontuou Rejane Alves. 

As advogas afirmam que possuem provas de armação nos depoimentos, como comprovantes de transferência bancária para as falsas acusações e propostas financeiras em troca de fotos ou vídeos, incluindo nomes de pessoas que estão encabeçando a armação, serão anexadas ao inquérito.   

“Temos certeza de que há uma armação feita pela oposição, cooptada através de uma cafetina, para que garotas de programas venham fazer estas falsas denúncias. Já está comprovado e vamos, na medida do possível, trazer à tona. Vamos tomar todo cuidado em proteger estas moças, que são vítimas desta armação. Elas poderão nos contatar. Somos mulheres e vamos protegê-las. Que quiser nos procurar, contar que foram cooptadas, ofereceram tanto, estou com medo, vamos ajudar. Vamos protegê-las, atender estas mulheres e acompanhar no que for preciso.  O telefone é o 67 99968-5685”, concluiu Andrea Flores. 


A defesa esclarece que há dois contextos e que devem levar ao desmembramento do inquérito. Um sobre suposta viagem que sequer teve participação de Marquinhos, e um segundo, que envolve relação de Marquinhos com duas mulheres. Nos depoimentos de quatro mulheres, uma que diz não conhecê-lo pessoalmente e outra que negou que teve relação sexual. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Qualifica Ladário está com inscrições abertas até 20 de junho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
Evento
Sábado tem Festival de Pipa em Ladário
Em até 9X
Ladário: prazo para incluir taxa do lixo na fatura de água encerra dia 14
Economia
Reunião aprovou prioridades e novas áreas de financiamento do FCO para 2025
Cidadania LGBTQIA+
Certidão de nascimento garante cidadania, direitos e renascimento de novas histórias
Viva a São João
Estão abertas as inscrições para concursos de Andores, Miniandores e Quadrilhas Juninas
Praça da Independência
Cerimônia cívico-militar comemora os 157 da Retomada de Corumbá
Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Economia
Em novo recorde para o mês, Junta Comercial registrou abertura de 960 empresas em maio

Mais Lidas

Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Infraestrutura
Moradores falam de melhor qualidade de vida após lajotamento de vias no Cravo Vermelho
24 horas
Colisão entre carro e bicicleta faz duas vítimas na manhã desta quinta
Meio Ambiente
Estudo alerta para escassez hídrica e aumento de mais de 1000% em incêndios no Pantanal