Menu
domingo, 26 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Cidadania: Ladário e Agepen ampliam programa trabalhista para educandos

29 janeiro 2016 - 12h56Gesiane Medeiros
Na manhã desta quinta-feira, 28 de janeiro de 2016, o prefeito de Ladário, José Antonio Assad e Faria, recebeu em seu gabinete, o diretor presidente da AGEPEN (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul), Ailton Stropa Garcia. O encontro teve como pauta a ampliação da parceria desenvolvida entre o Município e a Agência, por meio de ações como o Programa ELO, o qual atende egressos dos regimes Aberto, Semiaberto e Livramento Condicional. A parceria garante a utilização de educandos do Sistema Prisional em setores da Prefeitura ladarense. Segundo Stropa, a intenção é aumentar o número de atendidos pelo convênio, garantindo efetivo para obras que serão feitas para melhorar as instalações usadas por presos do regime semiaberto, no presídio da região. “O prefeito nos recebeu muito bem e se mostrou sensível a nossa solicitação, falando inclusive sobre a ampliação do nosso convênio, que tem uma função social importante, garantindo condições para a inserção dessas pessoas na sociedade de maneira positiva”, destacou. Já o prefeito José Antonio, que é um incentivador da parceria, lembrou que muitos egressos do sistema tem conseguido se recuperar e atuar de maneira positiva na sociedade. “Quando há um problema com um educando todos fazem grande alarde, esquecendo as dezenas de histórias positivas que muitos outros educandos constroem, mostrando que há sim possibilidade de recuperação. Vamos estudar a solicitação do Dr. Ailton e trabalhar efetivamente para aumentar nossa parceria”, garantiu o prefeito.   Dados Positivos A reunião no gabinete do chefe do Executivo ladarense, contou com a participação da equipe do presidente da AGEPEN/MS e da secretária Municipal de Assistência Social, Jane Contu. Segundo ela, atualmente 28 pessoas são atendidos pelo ELO que tem, por parte da municipalidade, um acompanhamento diuturno e diferenciado. “Este é um trabalho fantástico de inserção que tem dado certo aqui na cidade, mostrando quer as pessoas podem errar e se quiserem tem a oportunidade de se recuperar voltando a ser reinserido na sociedade”, finalizou.           Texto da assessoria de comunicação da Prefeitura de Ladário  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Tráfico de Drogas
Boliviana é presa com 12,7 kg de cocaína em botijão de gás transportado dentro de mala
Soldado Cidadão
Projeto da Marinha vai oferecer formação de condutores para recrutas em Ladário
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Investigação
Polícia Civil prende homem acusado por furto de joias e celulares na cidade