Menu
sexta, 05 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Chuvas danificam estradas em MS e professora usa trator para chegar à escola

01 março 2016 - 13h23G1
A combinação de chuva e estradas ruins tem causado transtornos para alunos e professores de escolas no Assentamento Itamarati, em Ponta Porã, no sul de Mato Grosso do Sul, a 415 km de Campo Grande. Por conta do difícil acesso, tem professor que usou trator para chegar até a escola. "Infelizmente, estou indo de trator porque não tem outra saída para a gente", disse a professora Débora Camilo. Os professores que se arriscam a ir de carro ficam atolados e precisam pedir ajuda. O mesmo trator usado para levar a professora Débora ajudou a desatolar o carro de outra professora, que tentava chegar à escola. Ela ficou atolada por cerca de 2 horas até ser resgatada. Segundo o governo de Mato Grosso do Sul, 29 equipes atendem situações de emergência, mas, por conta da chuva, não existe um prazo para conclusão dos trabalhos. "Está impossível chegar até a escola, infelizmente, está impossível", disse Jocélio Saumásio. O acesso difícil impediu muitos alunos chegarem à escola no primeiro dia de aula. É o caso de Elizer Jandrei. Ele foi flagrado pela equipe de reportagem andando descalço a caminho da escola. Onde ele estuda, quase todos os alunos dependem do transporte escolar para ir e voltar, mas, por conta da péssima condição das estradas, as salas de aula ficaram vazias na volta às aulas. A diretora da escola, Olívia de Moraes, diz que até quem mora perto não consegue chegar de ônibus. "Nossas estradas estão em péssima condição e oferecem muitos riscos para as crianças e, por isso então, eles não puderam vir para a escola", afirmou Olívia. O governo do estado adiou em duas semanas o início do ano letivo para que os municípios tivessem tempo de recuperar as estradas, danificadas pelas chuvas de dezembro e janeiro. O problema é que o período de chuva ainda não terminou em muitas regiões, por isso, as máquinas não começaram a trabalhar. Por conta do atraso, os pais de alunos estão preocupados e protestaram. "O que mais indigna a gente é porque prorrogaram o início das aulas, mas durante essa prorrogação, nenhuma máquina, ninguém veio ver a situação para chegar na escola", disse Vitor Neves, pai de um aluno.   Corumbá As estradas da zona rural também estão em condições precárias em Corumbá, onde duas escolas da rede municipal  não conseguiram voltar às aulas na data prevista. Pais e alunos que encontraram um bilhete no portão da escola Monte Azul informando que as aulas vão começar no dia 7 de março. A secretaria de educação do município informou que tem um calendário de reposição de aulas para os alunos.   Aquidauana Cerca de 3 mil estudantes de Aquidauana terão as férias prolongadas por conta dos estragos provocados pelas chuvas nas estradas do município, que fica a 131 quilômetros de Campo Grande. O governo de Mato Grosso do Sul deve gastar R$ 70 milhões - mais que o dobro previsto - para reparar os danos nas estradas dos municípios. O problema atingiu cerca de 300 mil estudantes. Alunos das escolas da rede municipal de ensino que ficam da zona rural de Aquidauana voltam às aulas no dia 15 de março devido aos problemas nas estradas. O retorno será duas semanas após o início do ano letivo na área urbana. No município, 90% das estradas não têm condições de tráfego, segundo técnicos da prefeitura. De acordo com a secretária Municipal de Educação, Gleide Godoy Veloso Gomes, os ônibus estão sem condições de trafegar e o atraso no início das aulas não vai prejudicar os alunos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM COVID
SES registra 23 novos óbitos por Covid, e MS já acumula 3.416 vidas perdidas
GERAL
Senadora Soraya Thronicke lembra que aprovação da PEC Emergencial também vai salvar vidas
POLÍTICA
Brasil passa a fazer parte do Protocolo de Nagoia sobre biodiversidade
PMA
Arrendatário e agrônoma são autuados em R$ 50 mil por uso de licença ambiental falsificada
SAÚDE
Com mais doses, Corumbá abre vacinação para idosos a partir de 76 anos
INCÊNDIO
Consultório Odontológico pega fogo no Maria Leite
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por violência doméstica no Dom Bosco
CULTURA
Dia Nacional da Música Clássica celebra o legado de Villa-Lobos
ECONOMIA
Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro
DETRAN
Número de CNHs emitidas pelo Portal Meu Detran cresce 45%

Mais Lidas

GERAL
Ministério Público denuncia servidores de Ladário por corrupção passiva
POLICIAL
Adolescente infratora é presa no bairro Maria Leite
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa mulher ferida no Maria Leite
GERAL
Bombeiros continuam buscas por homem desaparecido na região do Paiaguás