Menu
terça, 23 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Chuvas arrancam asfalto e causam alagamentos em duas cidades de MS

01 março 2018 - 09h57Campo Grande News

Ao menos dois municípios foram afetados pela chuva que caiu sobre Mato Grosso do Sul, na tarde de ontem (28). Em Naviraí e Batayporã, o excesso de água causou diversos estragos e alagou casas, arrancou o asfalto em ruas e até arrastou um carro.

A situação mais crítica foi registrada em Naviraí - distante 366 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações do site Tá Na Mídia Naviraí, apenas 50 minutos de chuva foram suficientes para provocar diversos prejuízos. Os bairros Eldorado e Harry Amorim Costa foram os mais afetados.

Ao Campo Grande News, o prefeito do município informou que a situação mais preocupante foi registrada na rua Persio Antunes de Oliveira, onde até uma cratera foi aberta no fim da rua.

"Foi uma chuva muito forte, desceu muita água, principalmente na região do bairro Eldorado", afirmou José Izauri de Macedo, prefeito da cidade. Ainda segundo ele, famílias precisaram deixar suas casas por conta da invasão da água.

Imagens gravadas logo após a chuva mostram a situação na cidade. Um carro de passeio chegou a ser arrastado pela força da enxurrada. Uma pessoa teve que se segurar em um portão para não ser arrastado pela água. O tamanho da cratera no fim da rua Persio Antunes de Oliveira também impressiona.

Por pouco a água não invadiu a sede de uma empresa, onde os funcionários precisaram evitar o avanço da água com a ajuda de rodos e com a construção de um obstáculo com sacos. Imagens gravadas logo após a chuva mostram a situação na cidade. Um carro de passeio chegou a ser arrastado pela força da enxurrada.

Lagoas no centro de Batayporã transbordou e alagou casas (Foto: Nova News)

Hoje, um dia após os flagrantes feitos na cidade, um levantamento mais completo deve ser feito pelas equipes da prefeitura que farão um balanço dos estragos.

"A Defesa Civil e nossas equipes estão percorrendo as regiões mais atingidas agora pela manhã para calcular os estragos". concluiu o prefeito.

Em Batayporã - a 311 quilômetros da Capital - a chuva fez a Lagoa do Sapo, na região central da cidade, transbordar e alagar diversas casas. De acordo com o site Nova News, foram 60 milímetros de chuva em apenas 30 minutos.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a previsão para hoje (1º) é de mais chuva para ambas as cidades, na parte da tarde. Pela manhã o sol aparece entre nuvens, mas pancadas isoladas podem ocorrer após o almoço. A mínima nos dois municípios é de 21°C e a máxima não passa dos 30°.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reconhecimento
Ex-aluno da UFMS é finalista do Prêmio Jabuti Acadêmico
Na Apa Baía Negra
Brigada voluntária interrompe churrasco em fogo de chão e alerta para risco de incêndio
Em Campo Grande
TJMS amplia prazo de inscrições para o Concurso do Monumento Artístico
Pagou 70 reais
Civil recupera celular furtado e prende rapaz de 19 anos por receptação
Operação Nicolau
PF cumpre mandado em combate à crimes de abuso sexual infantojuvenil em Corumbá
Data confirmada
Convenção que vai anunciar candidatos do PSDB em Ladário será dia 31 de julho
Olimpíadas 2024
Maioria pela 1ª vez, mulheres encabeçam sonhos de medalhas em Paris
Hoje
Inscrições para o Prouni começam nesta terça-feira
De 25 a 31 de julho
Prefeitura convoca guardas aprovados em concurso para entrevista individual de investigação social
Saiu no Diário
Lei de Diretriz Orçamentária de MS para 2025 é sancionada com receita estimada de R$ 26,4 bilhões

Mais Lidas

Neste domingo
Ritmista da Nova Corumbá morre em colisão com carro
Até 26 de julho
Escola Sesi abre processo seletivo com 104 vagas de gratuidade na educação básica
No centro
Perícia encontra seringa e medicamentos no apartamento de mulher encontrada morta
Time de Miranda
20ª edição do Amistoso da Diversidade reúne grande público no Poliesportivo