Menu
segunda, 27 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Cheia de rio e embarcação derrubam ponte e trânsito fica impedido em MS

04 março 2016 - 13h41G1
O excesso de chuva e uma draga provocaram os estragos na ponte sobre o rio Brilhante que desabou no fim da tarde desta quinta-feira (3). A estrutura na MS-156 é o limite entre os municípios de Itaporã e Rio Brilhante, na região centro-sul de Mato Grosso do Sul. A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) informou que está providenciando a sinalização para interditar o trecho. A ponte desabou depois que uma draga de extração de areia desatracou e enroscou no pilar da estrutura e a barcaça forçou os pilares. O trânsito no local vai ser interditado e os motoristas que vão passar pela região devem procurar rotas alternativas. De acordo com a Agesul, depois que o nível do rio baixar, será realizado um estudo para construir outra ponte. Por causa da grande extensão da ponte, não será feito desvio. Pontes que caem em situações como essa levam um tempo para serem reconstruídas. A agência estadual afirmou ainda que entre as metas do governo do estado para este ano, está a reconstrução de pontes em rodovias estaduais que foram levadas pela chuva. As novas estruturas serão feitas de concreto. Rio Brilhante está entre os municípios que decretaram estado de emergência por causa dos estragos causados pelas chuvas, mas ainda não foi reconhecido pelo governo estadual.   Outras pontes Uma ponte da rodovia MS-382 sobre o rio Santo Antônio, em Guia Lopes da Laguna, desabou no dia 2 de janeiro de 2016. A estrada liga a cidade a Antônio João, no sul do estado, e dá acesso aos assentamentos Retirada da Laguna e Rio Feio. O rio Aquidauana, que atingiu em nível de emergência ao atingir 9,10 metros no dia 13 de janeiro. O nível normal é de cerca de três metros. A água passou por cima da ponte da cidade atrapalhando o trânsito.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Tempo
Sábado tem probabilidade de chuvas e baixas temperaturas em grande parte de MS
Corumbá marca 14ºC pela manhã com máxima de 16ºC