Menu
sábado, 25 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas visita Operação Ágata XII

16 setembro 2020 - 13h45Redação com informações da Ascom MB

Nesta terça-feira (15), o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho, acompanhando de comitiva, visitou às ações da Operação Ágata XII, em Corumbá, na fronteira Oeste de Mato Grosso do Sul (MS).

As ações tiveram início no Navio Transporte Fluvial Almirante Leverger, subordinado ao Comando da Flotilha de Mato Grosso (Comflot), com a apresentação das ações fluviais realizadas pela Força Naval Componente da Operação ao longo do Rio Paraguai e embarque na Lancha de Operações Ribeirinhas Excalibur II.

Em seguida, a comitiva deslocou-se à área de operação da Força Terrestre Componente, no Posto Lampião Aceso, localizado na BR262. No local, foram apresentadas as atividades realizadas nos Postos de Bloqueio de Controle de Estrada distribuídos nas regiões de Corumbá, Ladário, Porto Murtinho, ao longo da faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul.

Estiveram presentes na visita, também, o Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas; Comandante de Operações Terrestres, General de Exército José Luiz Dias Freitas; Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Alipio Jorge Rodrigues da Silva; Comandante Militar do Oeste (CMO), General de Exército Fernando José Sant’ana Soares e Silva; Chefe de Operações Conjuntas do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, Almirante de Esquadra Petrônio Augusto Siqueira de Aguiar; Comandante do 6º Distrito Naval, ContraAlmirante Sergio Gago Guida; Comandante da ALA 5, Brigadeiro Luiz Cláudio Macedo Santos; entre outros militares.

Aproximadamente 800 militares participam da 12º operação Ágata em combate a crimes transfronteiriços. Foto: Divulgação MB

A Operação, cuja principal característica é envolver diversas agências nas esferas Federal e Estadual, teve início no dia 14 de setembro e conta com o emprego de cerca de 800 militares, meios navais, aéreos e terrestres da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, além de integrantes da Força Nacional de Segurança Pública, Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – MS, Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental e Polícia Civil.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Bairro Vila Mamona
Funcionários de construção amarram autor de furto e acionam PM
Capital
Presos usam celulares até em banho de sol na Máxima
Flagrante
Dupla é presa por tráfico de drogas na área central de Corumbá
Estava Foragida
Boliviana investigada por desastre da Chapecoense é mantida em Corumbá até extradição