Menu
sábado, 18 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Certificado de Segurança Veicular volta a ser obrigatório para carroceria basculante

27 abril 2021 - 08h49Portal do Governo de MS

A obrigatoriedade do CSV (Certificado de Segurança Veicular), para circulação de veículos e equipamentos rodoviários com carroceria basculante - usadas para despejar cargas - volta a valer em Mato Grosso do Sul, a partir de 3 de maio.

Segundo a diretora de Registro e Controle de Veículos, Loretta Barbosa Figueiredo, o certificado é exigido desde 2015, no entanto, foi suspenso em 2018 pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

“A suspensão teve validade por um ano, depois entramos em pandemia e agora decidimos retornar com a obrigatoriedade devido a importância desse sistema. É uma segurança a mais para todos que estão na via”, completa Loretta.

A diretora ressalta ainda, que sem o CSV não é possível renovar o licenciamento do veículo.

O chefe da Dicov (Divisão de Controle de Veículos), Joilton do Santos, explica que o certificado é emitido no primeiro licenciamento e depois apenas renovado.

“A informação sobre o CSV é inserida no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo). Uma vez que o proprietário já possui, deverá realizar apenas uma inspeção periódica anual na ITL (Instituição Técnica Licenciada) para licenciamento. Caso não tenha, é preciso solicitar autorização em uma das agências do Detran”.

Joilton conta ainda que há dois tipos de sistema de segurança, A e B.

No A, acionamento em dois comandos, onde o painel do veículo tem um aviso visual, na altura da visão do motorista, avisando que o comando foi acionado, além de um aviso sonoro.

Já no B, também com dois comandos, a velocidade com o dispositivo acionado é limitada a 10 km/h. “Tudo isso serve para evitar acidentes, seja por descuido do motorista ou até mesmo falhas nos dispositivos”, conclui.

A resolução do Contran foi criada depois que um caminhão basculante que estava com a caçamba levantada derrubou uma passarela em uma via expressa do Rio de Janeiro e matou quatro pessoas, deixando cinco gravemente feridas em 2014.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa
Auditoria
Brechas favorecem corrupção em mais de 90% das organizações públicas de MS, revela TCU
Espancamento
Rapaz vítima de agressão é socorrido inconsciente no bairro Camalote
Trânsito
Motociclista é socorrido com fratura na perna
Limpeza
Centro e Aeroporto recebem mutirão da dengue
23 vagas
Inscrição para o processo seletivo da Saúde de Corumbá termina às 17h de hoje
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (17) em Corumbá
PMA
Usina é multada em quase R$ 2 milhões por incêndio em áreas protegidas por lei
Cursos Grátis
Confira programação das carretas do Cidade Empreendedora em Corumbá
Repasses
MEC lança Painel de Investimentos em Educação Básica

Mais Lidas

"Branca Pura"
Operação apreende 47 quilos de cocaína; carga é avaliada em R$ 650 mil
Criminoso
Polícia investiga incêndio na ponte do Saran na Estrada Parque
Bodoquena
Assentamento é multado em R$ 60 mil por incêndio no Pantanal
Campo Grande
Tesouro Nacional reprova administração do prefeito Marquinhos Trad e secretário