Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

CER/APAE promove simpósio e atualiza profissionais sobre autismo

09 abril 2018 - 09h37Prefeitura de Corumbá

Com apoio da Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, o Centro Especializado em Reabilitação da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (CER/APAE) promoveu o 1º Simpósio de Atualização do Transtorno do Espectro Autista. O evento aconteceu no auditório da unidade 3 do campus Pantanal da UFMS, na tarde de sábado, 07 de abril. O objetivo foi capacitar e atualizar o público sobre o autismo, como identificar um autista e abordá-lo.

Sônia Regina Sabatel, coordenadora clínica do CER/APAE, lembrou que o dia 02 de abril é comemorado o Dia Mundial do Autismo e que a cada ano surgem novos diagnósticos.  “A gente resolveu trazer o assunto para estudantes, profissionais de saúde e da educação sobre como tentar detectar e como tentar ajudar as pessoas que têm autismo, para onde encaminhar, o que fazer, como abordar. Nosso objetivo com esse simpósio foi capacitar para esses profissionais reconhecerem uma pessoa com autismo. Eles precisam saber abordar a pessoa como também seus familiares”, afirmou Sônia.

A neuropediatra Maria José Maldonado veio de Campo Grande especialmente para palestrar no evento. Além dela, palestraram dois pais de alunos do CER/APAE que contaram como é ter filho autista e como trabalham o seu desenvolvimento. Conforme Sônia Sabatel, o número de autistas na verdade não está crescendo, mas as pessoas estão conseguindo identificar mais precocemente o distúrbio.

“Desde 1911, esse problema já existia, mas as pessoas eram confundidas com esquizofrênicas, psicóticas, mas agora com o diagnóstico e as informações sendo mais difundidas, os médicos estão conseguindo identificar mais precocemente e a sensação é que começam a aparecer mais casos. Além disso, hoje em dia, as pessoas estão tirando os familiares com deficiência de dentro de seus lares e trazendo para a sociedade e isso contribui para parecer que está surgindo mais casos. Hoje o número está de 1 para 100, índice relativamente alto”, afirmou Sônia Sabatel.

Ela achou bastante positiva a participação do público que lotou o auditório. Segundo Sônia, a adesão ao simpósio foi grande, especialmente por parte de professores que estão preocupados por estarem recebendo autistas em sala de aula e estão precisando saber o que fazer com essa clientela.

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) é uma área da saúde mantida pela APAE que trabalha com qualquer tipo de deficiência. Possui escola especializada que também atende aos autistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos