Menu
sábado, 13 de abril de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Centro Integrado criado por Sérgio Moro ajudou a prender homem que tentou matar ex em MS

23 junho 2020 - 16h00Midia Max

O Ciof (Centro Integrado de Operação de Fronteira de Foz do Iguaçu) criado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), pasta à época comandada por Sérgio Moro, auxiliou na prisão de Gabriel Matos da Silva, 26 anos, procurado pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul após ameaçar e tentar matar a ex-companheira com um facão.

 

O acusado foi preso no último domingo (21) no município de Almas (TO). Ele foi localizado na casa de familiares, graças a um trabalho conjunto realizado pela Polícia Civil de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, com apoio do Ciof.

 

O Centro Integrado de Operação de Fronteira de Foz do Iguaçu (Ciof) foi inaugurado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública em dezembro do ano passado, para combater o crime organizado, intensificar a integração entre os agentes de segurança pública e fortalecer o monitoramento nas fronteiras brasileiras.

 

Baseado nos modelos dos escritórios norte-americanos de monitoramento após os atentados de 11 de setembro de 2011, o centro brasileiro funciona em uma área de 600m² no Parque Tecnológico de Itaipu.

 

O Ciof envolve todos os atores de segurança pública que antes exerciam suas funções isoladamente, ou em conjunto, mas nunca efetivamente coordenados, como polícias estaduais, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Nacional de Inteligência (Abin), Ministério da Defesa, Unidade de Inteligência Financeira (UIF – antigo Coaf), Receita Federal, Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica internacional (DRCI), Departamento Nacional Penitenciário (Depen), entre outros órgãos.

 

Tentativa de feminicídio

O caso aconteceu na cidade de Costa Rica. Gabriel invadiu a casa da ex-companheira e passou a agredi-la na frente do filho dela, de 2 anos, e da mãe dela. Depois de quase decepar braços e mãos da vítima, fugiu pulando muros.

 

O homem não aceitava o fim do relacionamento e já tinha histórico de violência doméstica. A polícia tentou prendê-lo em Mato Grosso do Sul, mas ele conseguiu escapar, motivo pelo qual foi pedido apoio ao Ciof.

 

Foi descoberto que ele havia voltado para o lugar onde nasceu, e logo ele foi preso. Conforme o delegado Gustavo Mendes, responsável pelo inquérito junto à Delegacia de Polícia de Costa Rica, Gabriel ameaçava matar também o atual namorado da ex, um motorista de 28 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Destaque
Referência mundial em prevenção e combate aos incêndios florestais, Prevfogo completou 35 anos
Carreira
Cerca de 40 mil bacharéis em direito participam do ENAM neste domingo
Ação de Cidadania
Equipe técnica visita o Alto Taquari para planejar realização do Juizado Itinerante em junho
Destaque
Alunos de MS são premiados em terceiro lugar em desafio internacional de programação
Meio Ambiente
Lançado em 2023, SIFAU auxilia Mato Grosso do Sul na identificação de áreas para queima prescrita
Cidade
Vítima de ferimento por faca é destaque no plantão dos Bombeiros
Pacto de Cooperação
Governo e Sebrae/MS vão fomentar o empreendedorismo indígena em no estado
Evento
Turismo de MS leva capacitação, gastronomia pantaneira e lançamentos à 11ª WTM Latin America
Mercado Internacional
MS quintuplica potencial de abate e exportação de carne bovina para a China
Concretagem
Ponte fecha às 17 horas de hoje e reabre às 5h de domingo (14)

Mais Lidas

Morte à Esclarecer
Idoso é encontrado morto com marcas de mordidas de cachorro em Corumbá
Últimas 24 horas
Incêndio em casa no centro é destaque no plantão dos Bombeiros
Qualificação
Cursos técnicos com alta demanda no mercado são opções de qualificação no Senac Corumbá
Decisão Judicial
Ribeirinhos são despejados de terras no Morrinho