Menu
quarta, 20 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Casos de Covid-19 dobram e Prefeitura aumenta restrições

Forças de Segurança vão intensificar fiscalização

27 maio 2021 - 12h08PMC

O prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, se reuniu nesta quinta-feira, 27 de maio, com o comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Élcio Almeida; o delegado-regional da Polícia Civil, Alex Sandro Antônio Peixoto; e o comandante do 3º Grupamento de Bombeiros, tenente-coronel Luciano Lopes de Alencar, para alinhar a intensificação na fiscalização das medidas estabelecidas pelo Decreto Nº 2.582, que será publicado no DIOCORUMBÁ de hoje.

“Infelizmente, tivemos um aumento muito grande nos casos confirmados de Covid-19 na nossa cidade. A quantidade de positivos dobrou em relação à semana passada e por causa disso vamos ter que adotar medidas ainda mais restritivas para evitar as aglomerações”, explicou o prefeito. “Nosso trabalho, nosso principal objetivo, é buscar o equilíbrio entre a Economia, o Social e a Saúde. Neste momento, para evitar ainda mais óbitos, precisamos ser mais rígidos e preservar vidas”, completou.

Marcelo Iunes lembrou que os investimentos realizados desde o começo da pandemia na Santa Casa de Corumbá foram fundamentais para impedir que o sistema público municipal de saúde estivesse, atualmente, em colapso. “Graças a Deus temos oxigênio, medicamentos e equipamentos, como os respiradores por exemplo, para atender bem nossa população”, observou o chefe do Executivo, que completou:

“Nós temos hoje 40 leitos clínicos, 15 leitos semi-intensivos e 17 leitos de UTI na Santa Casa. É uma estrutura muito boa, mas a população precisa entender que não é só para Corumbá, mas atende também Ladário e os irmãos bolivianos da fronteira. São aproximadamente 170 mil pessoas que dependem do nosso hospital”, completou o chefe do Executivo municipal.

O secretário municipal de Saúde, Rogério Leite; o secretário de Segurança e Defesa Social, César Freitas Duarte; o coordenador do setor de Posturas e responsável pelo Grupo de Fiscalização Integrada (GFI), Luciano Cruz; a secretária-adjunta de Saúde, Mariluce Leão; o comandante da Guarda Civil Municipal, Miguel Soares; e o assessor-executivo Elbio Mendonça também participaram da reunião, realizada obedecendo todos os protocolos de biossegurança contra o novo Coronavírus.

Seguindo as determinações do Programa Prosseguir – divulgado pelo Governo do Estado e que colocou Corumbá na bandeira vermelha, classificando como de alto grau de risco para infecção pelo Coronavírus – e do Decreto Nº 2.582, as Forças de Segurança vão intensificar o trabalho de fiscalização, principalmente aos finais de semana. O objetivo principal é evitar aglomerações e festas clandestinas.

Isolamento social

O secretário municipal de Saúde, Rogério Leite reiterou que, apesar da cidade estar com nota máxima no Prosseguir na aplicação das vacinas contra a doença, o isolamento social segue sendo o melhor método de prevenção. “Essa semana registramos o maior número de casos confirmados por biologia molecular, pelo swab. As pessoas acham que com o avanço da vacinação as pessoas não estão mais ficando doentes, mas isto é um completo despropósito, a Covid está acometendo cada vez mais pessoas jovens, temos o relato de inúmeras pessoas jovens sem comorbidades que estão internadas”, afirmou.

Restrições

Por causa da bandeira vermelha no Programa Prosseguir, o toque de recolher em Corumbá passa a ser das 21h às 5 horas de hoje, 27, até o dia 9 de junho. Além dessa medida, o Decreto Municipal Nº 2.582 ainda estabelece a ocupação máxima de mercados, supermercados, mercearias e congêneres a 30% da capacidade total do estabelecimento, mantidas as demais medidas já impostas.

Ficam interditadas a Orla e a Prainha do Porto Geral, permitindo-se nesta apenas o embarque e desembarque de pessoas e cargas. Nos locais privados de práticas esportivas, fica proibido o comércio de alimentos e bebidas, bem como o uso de churrasqueiras, devendo o estabelecimento ser utilizado, exclusivamente, para o desporto, respeitadas as medidas já impostas aplicáveis à atividade.

O Decreto também suspendeu eventos realizados em casas noturnas, casas de shows, pubs e congêneres, ainda que no Cadastro Nacional de Atividades Econômicas conste atividades diversas, como bares, restaurantes, entre outras. A restrição não se aplica aos salões de festa, permitido nestes a realização de casamentos, aniversários e batizados, com lotação máxima de 50 pessoas.

No que se refere às reuniões religiosas em igrejas, templos, centros espíritas e demais locais destinados à manifestações religiosas, está permitido o limite de 30% da capacidade do local, com distância mínima de 2m entre os participantes, limitando-se a 100 pessoas no total. O Decreto entra em vigor nesta quinta-feira, dia 27.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flexibilidade
Com redução dos casos de Covid-19, Prefeitura altera Toque de Recolher em Corumbá
Monumento Histórico
Vereadores defendem resgate de antigo Farol do Balduíno no Rio Paraguai
Sem Emendas
Câmara aprova Moção em Apoio à regulamentação da profissão de podologia
Pobreza Menstrual
Vereadora pede apoio de deputados para derrubar veto presidencial na distribuição de absorventes
Em tramitação
Proposta cria programa de apoio a catadores de recicláveis em Corumbá
Briga Antiga
Anatel convoca a Oi para reunião sobre internet em Corumbá
Na Câmara
Vereador questiona índices do ICMS Ecológico estabelecidos para 2022
Desdobramento
Denúncia contra os nove indiciados pelo Dracco na Operação "Dark Money" vira processo judicial
Desdobramentos
PF apreende arma, munição e faz termo de conduta durante operação Mercês
Crime na Capital
Após disparos, polícia prende ladrões que fizeram idosa e cuidadora de reféns na Capital

Mais Lidas

Capital e Chapadão do Sul
SAD divulga abertura de Processo Seletivo da Agepan
Crime
Motorista de aplicativo é sequestrada e tem carro roubado; dois dos assaltantes foram presos
Prisão
Homem é preso após invadir e roubar escola no centro
Impressionante
Moto Titan com débitos de R$ 107 mil é aprendida em blitz do Detran-MS no fim de semana