Menu
sábado, 06 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Casa Gabriel Vandoni de Barros, restaurada, será aberta dia 28 de Junho

10 junho 2016 - 08h32Sylma Lima
Através de muita força de vontade e a disposição de parceiros, a Prefeitura de Corumbá traz um grande benefício a população. A recuperação da casa do Dr. Gabriel Wandoni de Barros, localizada estrategicamente na esquina das ruas 15 de Novembro e Cuiabá. A Fundação de Cultura de Corumbá, teve a iniciativa de recuperar o prédio de arquitetura singular no patrimônio corumbaense, tendo como intenção tornar aquele lugar a sede da Instituição. Com o apoio irrestrito do Prefeito Paulo Duarte, que considera primordial a manutenção, preservação e salvaguarda dos monumentos históricos da cidade. Juntamente com o apoio técnico da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico, Joílson Cruz, Diretor- Presidente da Fundação de Cultura, empenhou-se na busca de parceiros da iniciativa privada para a concretização desse projeto que se tornaria inviável somente com recursos  da prefeitura. Muitos estão envolvidos para que a inauguração aconteça ainda no final deste mês.  Materiais para a restauração e mão de obra são objetos de contribuições financeiras que estão fazendo o projeto se tornar realidade. A ideia é, além de abrigar o funcionamento da Fundação, o local também poderá ser um memorial em homenagem ao Dr. Gabriel Wandoni de Barros Em termos arquitetônicos, o padrão original será mantido, fachada e cores novas para maior destaque do prédio mas sempre preservando o histórico de um prédio em restauração.Ainda não e possível visitar o espaço que está em período de obras, mas a inauguração está prevista para dia 28 de junho. Sendo esta data a porta de entrada para o público, afirma diretora presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico (Fuphan), Maria Clara Scardini. “Assim que inaugurar vai ser possível a visitação pública para conhecer a casa e alguns pertences e obras de arte do saudoso Dr. Gabriel que foi uma figura marcante em vários setores da sociedade". Dr. Gabi, como era chamado, além de raízes pantaneiras, por conta do envolvimento com a pecuária, era um profundo conhecedor dar artes. De família tradicional, visitou vários países e sempre adquirindo obras de arte para compor o seu acervo pessoal. Dentre gravuras, óleo sobre tela, esculturas e mobiliário de vários estilos; sempre deixou aparente a sua paixão por um Personagem Renascentista de Miguel de Cervantes, Dom Quixote. Amante da bola leitura, ao longo de sua vida colecionou um acervo de livros, hoje, doados à várias instituições. Além do perfil cultural Dr. Gabi possuía uma grande coração que reflete em suas obras espalhadas pela cidade, dentre elas a Casa do Massa Barro e a Estrelinha Verde. Enfim, a cidade de Corumbá só tem a ganhar. Mais um prédio restaurado, revigorando e oxigenando a nossa memória e perpetuando a nossa história impar e singular no Mato Grosso do Sul.  Casa Gabriel Vandoni de Barros Este imóvel residencial, que pertencia ao advogado e pecuarista Gabriel Vandoni de Barros, foi construído na década de 1940 e está situado à Rua Cuiabá nº 1181, esquina com a Rua 15 de novembro, no centro da cidade de Corumbá – MS. Em julho de 2007, o então Prefeito Municipal Ruiter Cunha de Oliveira assinou o Decreto nº 309, declarando o referido imóvel como sendo de utilidade pública. Através deste decreto foi possível o início do processo de desapropriação e incorporação do mesmo ao patrimônio do município de Corumbá.  A ideia inicial era transformar a casa em Gabinete de Leitura, assim como foi feito com espaços dedicados a outras personalidades da cultura brasileira, tais como a casa José de Alencar e a casa Rui Barbosa, ou até mesmo um memorial. Estudos técnicos estão sendo realizados pela Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico da Prefeitura Municipal de Corumbá, a fim de definir o modo mais adequado de se utilizar o imóvel. A partir do seu próprio histórico, permitimo-nos dizer que, tal iniciativa tenha justificativa pelo fato de que o Dr. Gabi, como era conhecido o senhor Gabriel Vandoni de Barros, além de ter sido admitido, em 12 de outubro de 1949, como membro da Academia Mato-Grossense de Letras, sendo o primeiro ocupante da cadeira nº 12, patrocinada por Antônio Cláudio Sóio, também realizou inúmeras atividades filantrópicas relacionadas à cultura e educação, tais como a doação de sua biblioteca particular, a qual leva o seu nome, ao Instituto Luís de Albuquerque e a construção da “Casa do Massa Barro”, além de várias creches e unidades pré-escolares dentro do município de Corumbá, dentre outras atividades. Foi ainda sócio fundador da Academia Corumbaense de Letras, ocupando a cadeira de nº 20, patrocinada por Eugênio Gomes da Silva (Nheco) e fundador do Museu do Pantanal em 06 de janeiro de 1960, o qual se situava à rua De Lamare, em prédio próprio.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
CULTURA
Eleitos os representantes não governamentais para o Conselho de Cultura do município
SEGURANÇA PÚBLICA
Em MS, Senad defende proposta de agilizar leilões de bens do crime organizado
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021 prossegue com mais quatro partidas neste fim de semana
SAÚDE
Redução de testa: Dermatologista de MS explica sobre melhores formas de tratamento
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos
SAÚDE
Endometriose pode afetar 10% das mulheres brasileiras

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é preso por roubo na forma tentada no bairro Maria Leite
POLICIAL
Em Corumbá três são presos com mandado de prisão em aberto
INCÊNDIO
Consultório Odontológico pega fogo no Maria Leite
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por violência doméstica no Dom Bosco