Menu
segunda, 02 de agosto de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Maio
Geral

Casa da Mulher: pedido de vereador ganha apoio de deputado estadual

16 março 2019 - 08h45Câmara de Corumbá

A decisão do deputado estadual Evander Vendramini em solicitar a instalação em Corumbá da Casa da Mulher Brasileira do Pantanal, foi enaltecida pelo vereador Tadeu Vieira que, desde 2017, vem lutando por esse importante projeto para atender a mulher pantaneira.

Na quinta-feira, 14, durante sessão plenária na Assembleia, Evander solicitou a criação da Casa da Mulher Brasileira em Corumbá. O documento será encaminhado aos senadores e deputados federais por Mato Grosso do Sul, com cópia ao Governo do Estado de MS. A medida visa garantir os direitos e defesa em caso de abuso ou violência doméstica cometidos contra mulheres.

No dia 25 de fevereiro, Tadeu, por meio de requerimento, solicitou apoio do deputado Evander Vendramini, bem como à deputada federal Bia Cavassa, para a construção da Casa da Mulher Brasileira do Pantanal. O pedido foi direcionado também ao prefeito Marcelo Aguilar Iunes: à secretaria de Cidadania, Amanda Balancieri, ao governador Reinaldo Azambuja, bem como à secretária estadual de Assistência Social, Elisa Cleia Pinheiro Rodrigues Nobre.

“Estamos nessa luta desde 2017 e, agora, estamos mais confiantes quanto à instalação da Casa da Mulher Brasileira do Pantanal em nossa cidade”, afirmou Tadeu. “A nossa confiança se justifica pelo fato de Corumbá ter representantes tanto a nível de Estado com o Evander, e a nível federal com a Bia Cavassa. O Evander já entrou com um pedido na Assembleia e a Bia também está engajada nesta luta”, continuou.

O vereador argumentou que a parceria é fundamental para a viabilização de grandes projetos na cidade. “Isto está sendo possível agora com o Evander e a Bia, nossos representantes e parceiros na Assembleia e na Câmara Federal. Quem ganha com isso é a nossa população e, nesse caso, a mulher pantaneira”.

Esta foi a segunda vez que Tadeu entrou com esse pedido na Câmara, justamente pelo fato de Corumbá ter retomado sua representatividade política. “Em uma época em que o feminicídio se alastra no Brasil, temos por obrigação buscar todas as alternativas e os benefícios para as mulheres pantaneiras”, disse na época, 12 dias antes do feminicídio de Nádia Sol Neves Rondon.

Homenagem

Além de solicitar a instalação da estrutura na cidade, o vereador sugeriu na sessão de terça-feira, da Câmara Municipal, o nome da professora Nádia Sol Neves Rondon para a Casa da Mulher Brasileira do Pantanal, uma “homenagem a essa grande mulher que teve sua vida ceifada do nosso convívio de maneira cruel e maldosa”, citou.

A Casa da Mulher Brasileira é um centro de atendimento humanizado e especializado no atendimento à mulher em situação de violência doméstica, em que oferece serviços de juizado especial voltado para o atendimento à mulher, Promotoria, Defensoria Pública, Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, alojamento de passagem, brinquedoteca, apoio psicossocial e capacitação para a sua autonomia econômica. Faz parte do programa do Ministério Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, do Governo Federal.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

10 Vagas em Corumbá
Mato Grosso do Sul abre o mês de agosto com oferta de 1,3 mil vagas de emprego
Previsão Meteorológico
Semana será de tempo firme, seco e de grande amplitude térmica
Geral
Dois ônibus de aplicativo são apreendidos por transporte clandestino
Fiscalização
Drogas postadas nos Correios de Corumbá e Capital seguiriam até para Hong Kong
Calendário
Enem 2021 está marcado para 21 e 28 de novembro
Apoio Internacional
Governo busca investimento dos Estados Unidos para Pantanal e Rio Taquari
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 38 milhões neste sábado
Facilidade
Autorização de viagem para menores de 16 anos poderá ser feita online
Olímpiadas
Brasil vence Egito e vai à semifinal do futebol masculino olímpico
Boa Notícia
AGESUL vai construir duas pontes de concreto entre a BR-262 e Porto Esperança

Mais Lidas

Geral
Dois ônibus de aplicativo são apreendidos por transporte clandestino