Menu
terça, 05 de março de 2024
Fipec 2024
Fipec 2024
Geral

Campanha busca doações para professora que teve 45% do corpo queimado antes de salvar filhos

21 junho 2018 - 09h43Midiamax

Vítima de um incêndio residencial ocorrido na madrugada do dia 2 de junho, a professora municipal Ana Paula Osório teve 45% do corpo queimado e a casa, que fica nas Moreninhas, ficou quase completamente destruída. Antes, porém, ela conseguiu acordar a tempo de salvar os três filhos – duas meninas, uma delas cadeirante, e um menino, de 8, 11 e 15 anos, respectivamente.

Apesar de estar fora de risco, a professora ainda luta contra uma infecção bacteriana, comum em queimaduras complexas, e já vai para a 5ª cirurgia corretiva na Santa Casa, onde é atendida por equipe multidisciplinar. “A infecção está controlada e segundo os médicos foi porque as queimaduras são muito longas”, destaca Paula. Segundo ela, os filhos saíram ilesos, apenas ela teve ferimentos. O marido, que é agente patrimonial, estava no serviço no momento do acidente.

Na internet, uma campanha busca angariar recursos e doações para a família da professora, que teve a casa destruída com o incêndio. Como parte da casa precisou ser demolida para que os bombeiros contivessem as chamas, o local ficou inseguro e os próprios vizinhos tiveram iniciativa de “tapar” os buracos.

O portão da casa foi arrombado pelos Bombeiros, já que no momento do incêndio Paula não encontrou as chaves. No geral, a casa precisará ser praticamente reconstruída e ter a fiação elétrica refeita.

“Eu acho que foi um anjo da guarda que me acordou. Não tinha barulho. Do jeito que eu acordei, fui descalça, mesmo. Consegui ver o fogo numa caixa em um quarto que era um depósito. As chamas vinham do forro, que era de madeira, e foi só o tempo de eu pegar um balde d´água para o fogo tomar conta de todo o teto. Foi muito rápido. Depois disso só tive reação de buscar meus filhos e a gente ficou na varanda, porque as telhas começaram a explodir”, relembra.

Sobre as queimaduras, Paula foi orientada que deverá passar por mais cirurgias corretivas – até o momento ela já passou por cinco. Rosto, tórax, braços, antebraço, nádegas, costas e mãos foram fortemente afetados pelas chamas.

“Mas estou sendo muito bem cuidada aqui. Os médicos são maravilhosos. tenho apoio psicológico e de outras especialidades. Minha preocupação é que ainda vou dar entrada no INSS, e as contas já vão chegar”, revela.

Quem quiser fazer doações para Paula, ela aceita desde materiais de construção a móveis. Doações em dinheiro podem ser feitas para a conta da Caixa Econômica Federal a seguir:

Caixa Econômica Federal
Agência 3252
Conta Corrente
Ana Paula Osório
CPF: 702.352.871-72

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde Pública
Vereadora busca informações sobre exames do pré-natal na Saúde Pública
Destaque
Pesquisa mostra que diferença salarial entre mulheres e homens caiu
Aposta
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 205 milhões
Escalonamento
Governo de MS propõe indicadores de produção para aumentar salário de agentes de saúde
Boas Vindas
Moinho Cultural retoma atividades com 120 novos alunos
Bacia Paraguai
PMA aplica mais de R$ 53 mil em multas no primeiro final de semana de pesca aberta
Apresentação
Jiboia resgatada de circo é a embaixadora ambiental do Bioparque Pantanal
Tráfico de Drogas
Escaneamento identifica pasta base dentro de compressor
Tempo
Com temperaturas mais amenas, terça-feira tem tempo instável e probabilidade de chuvas
Corumbá tem mínima de 26°C e máxima de 31°C
Oportunidades
Qualifica Ladário divulga lista com os inscritos para as turmas 2024

Mais Lidas

Em Corumbá
Homem é preso acusado de abusar da sobrinha de 12 anos
Na BR 262
Boliviano é preso com 2kg de maconha em fundo falso de mala
Até dia 11
Processo Seletivo da UEMS tem 51 cursos de graduação com inscrições abertas
Ecoturismo
Baixa temporada em pleno verão em Bonito e Serra da Bodoquena tem tarifário reduzido