Menu
domingo, 26 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Câmara aprova projeto que garante mais casas para pequenas cidades

24 março 2016 - 19h48Redação
A Câmara dos Deputados aprovou esta semana emenda parlamentar que torna obrigatória a destinação de 10% dos recursos para habitação no País aos municípios com até 50 mil habitantes. Essa e outras mudanças também aprovadas e que fazem parte da Medida Provisória (MP) 298/2015, que muda as regras de uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida, foram encaminhadas agora para aprovação pelo Senado. A proposta original era da destinação de 25% dos recursos do FGTS aos pequenos municípios. Mas, depois de vários estudos e entendimentos com o governo e autoridades no assunto, chegou-se à conclusão de que 10% seria um grande avanço e com possibilidades reais de cumprimento, em benefício de milhares de famílias que vivem nas pequenas cidades brasileiras. A proposta indica ainda que deverá ser respeitada a pluralidade de agentes, ou seja, os Agentes Financeiros Públicos e Privados poderão participar do processo, e por meio de Oferta Pública de Recursos, garantindo desta forma atendimento a diversos municípios do Estado do Mato Grosso do Sul que, a partir de 2010 começaram a preparar áreas para receberem novas moradias. O FGTS já pode ser usado para financiamento de imóveis novos, produzidos com recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida. Além disso, tem investido na construção de moradias das três primeiras faixas do programa: famílias com renda mensal entre R$ 1,6 mil e R$ 5 mil. A garantia prevista pela MP será feita com uma caução de depósito dos valores recebidos do FGTS, em montante igual ao valor do financiamento para o mutuário. O FAR será responsável também pela cobertura do risco de danos físicos ao imóvel e de risco de morte ou invalidez permanente do beneficiário, como já está previsto na Lei 11.977/09. Autor: Assessoria da Câmara dos Deputados

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Tráfico de Drogas
Boliviana é presa com 12,7 kg de cocaína em botijão de gás transportado dentro de mala
Soldado Cidadão
Projeto da Marinha vai oferecer formação de condutores para recrutas em Ladário
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Investigação
Polícia Civil prende homem acusado por furto de joias e celulares na cidade