Menu
sexta, 23 de fevereiro de 2024
Geral

Brasil e Paraguai voltam a discutir hoje construção de nova ponte em MS

11 setembro 2018 - 09h49Campo Grande News

Brasil e Paraguai voltam a discutir nesta terça-feira (11) em Brasília a construção de três pontes para ampliar o acesso entre os dois países, uma delas em Mato Grosso do Sul, ligando os municípios de Porto Murtinho (MS) e Carmelo Peralta, em território paraguaio.

Os ministros das Relações Exteriores do Brasil Aloysio Nunes Ferreira e do Paraguai Luis Alberto Castiglioni se reúnem nesta terça na capital federal menos de um mês após a posse do novo governo paraguaio.

O novo mandatário do Paraguai, Mario Abdo Benítez, defende a construção de mais pontes ligando ao maior parceiro comercial de seu país, o Brasil.

A bancada federal de Mato Grosso do Sul apresentou emenda conjunta ao Orçamento Geral da União no valor de R$ 81.247.495,00 para construção da ponte. O total para as obras é de R$ 144 milhões. Metade desse dinheiro cabe ao Brasil e metade, ao Paraguai.

De acordo com a Agência Brasil, Castiglioni escolheu o Brasil como primeiro destino internacional. Antes da reunião com o chanceler brasileiro, ele esteve com os governadores do Paraná e de Mato Grosso do Sul.

Aloysio Nunes e Castiglioni vão examinar os projetos de integração física e cooperação em segurança, temas de interesse mútuo das agendas regional e multilateral. O objetivo do corredor bioceânico é aumentar o comércio na região.

De 25 de agosto a 2 de setembro do ano passado, empresários e integrantes do governo realizaram uma expedição, organizada pelo Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística).

Foram percorridos 5,9 mil quilômetros (ida e volta). Os empresários saíram de Campo Grande com destino ao Chile, passando pelo Paraguai, Argentina e Chile, para apontar a potencialidade do corredor e identificar a estrutura necessária para a ligação entre os dois oceanos sair do papel.

O Corredor Rodoviário Bioceânico compreende as cidades brasileiras de Campo Grande e Porto Murtinho, em Mato Grosso do Sul; Carmelo Peralta, Mariscal Estigarribia e Pozo Hondo, no Paraguai; Misión La Paz, Tartagal, Jujuy e Salta, na Argentina; e Mejillones, em Iquique, no Chile.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
Vacinação contra dengue começa neste sábado (24) em Corumbá
Recuperação
Mineração retoma crescimento em MS com R$ 275,9 milhões de taxas de compensação em quatro anos
Variedades
Veja quais são as 5 seleções mais vitoriosas do futebol europeu
Oportunidade
Concurso da Caixa tem 3 vagas para Corumbá com salário de R$ 3,7 mil
Negociação
TJMS lança campanha de combate ao superendividamento nesta sexta-feira (23)
Destaque
Formação do Conselho de Pesca de MS é publicada no Diário Oficial
20 mil litros
Dois homens são presos por contrabando de combustível em Corumbá
Partidas Dobradas
Operação conjunta apura entrada ilegal de produtos estrangeiros pela fronteira de MS
Pagamento Especial
Bolsa Família antecipa pagamento para municípios do RS e ES
Leão
Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

Mais Lidas

Plantão
Pessoa é encontrada morta em casa do Popular Velha
Oportunidade
Concurso da Caixa tem 3 vagas para Corumbá com salário de R$ 3,7 mil
Você viu?
Bailarinos de Corumbá se apresentaram no palco do Caldeirão com Mion
Incentivo
Academia de Jiu Jitsu mobiliza doações para participação de 25 atletas em campeonato