Menu
sexta, 01 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Bombeiro prende médico que se recusou a receber paciente em UPA

14 setembro 2018 - 09h50Campo Grande News

Um médico de 31 anos recebeu voz de prisão do Corpo de Bombeiros após se recusar a receber uma paciente de 34 anos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário, na Avenida Guaicurus, em Campo Grande. O episódio aconteceu por volta das 23h30 de ontem (13).

Conforme boletim de ocorrência, o Corpo de Bombeiros foi acionado para transportar uma mulher que estava com a coluna travada em casa até o posto de saúde. Foi feita a regulação na central de vagas e os bombeiros foram orientados pela médica reguladora a levar a paciente até o posto do Universitário com a senha para atendimento número 1.117.

Ao chegar à unidade, os militares foram recebidos pelo médico dizendo que não iria receber ninguém pois o local estava lotado. No entanto, o sargento de 33 anos informou que havia feita a regulação e tinha a senha. O médico, então, foi consultar alguém por telefone e retornou dizendo que era para levar a paciente à UPA das Moreninhas e que o bombeiro seria comunicado pela central de regulação.

Situação que não ocorreu. O bombeiro pediu para o profissional avaliar a paciente. O que foi ignorado. O militar, então, alertou o médico que se ele não atendesse a paciente iria preso por omissão de socorro. Mas uma vez, foi negado o atendimento. Foi quando foi dada a voz de prisão.

O médico não quis acompanhar a equipe até a delegacia. Porém, a Polícia Militar foi acionada e levou o profissional para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, onde o caso foi registrado. Após a prisão, a paciente foi recebida pela equipe da unidade da Guaicurus. 

Questionada, a assessoria de imprensa da Sesau (Secretária Municipal de Saúde) informou que após ser comunicada pela Polícia Civil sobre a situação, vai abrir procedimento administrativo para verificar se houve ou não negligência ou omissão de socorro. A ordem é para que todo os pacientes sejam recebidos nas unidades de saúde. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Audiência Pública
Prefeitura e Câmara apresentam relatórios de 2023 com números positivos
Em Corumbá
Ponte do Passo do Lontra terá iluminação em LED solar
Tempo
Sol prevalece na maior parte de MS, mas 'sextou' pode vir acompanhado de pancadas de chuvas
Em Corumbá, a variação deve ir de 27°C à 38°C nesta sexta-feira
Bombeiros
Acidentes de trânsito fazem quatro vítimas nesta manhã em Corumbá
Plantão
Tucano é resgatado em casa do bairro Cervejaria
Valorização
Vem aí Super Chef Merendeira; Ladário participa da competição
Destaque
Mato Grosso do Sul dá primeiro passo para inserir inovação em compras públicas
Contra a Dengue
Sábado é Dia D de combate ao mosquito no Alta Floresta II em Ladário
Eventos
Programação do mês da mulher começa na segunda-feira, 04 de março
Medidas
TSE proíbe uso de inteligência artificial para criar e propagar conteúdos falsos nas eleições

Mais Lidas

Serviço Público
Santa Casa anuncia fechamento do setor psiquiátrico em Corumbá
10 vagas em MS
Inscrições estão abertas para concurso da Caixa com três vagas em Corumbá
Confirmado
Dupla sertaneja Henrique e Diego é a principal atração cultural do FIPEC 2024
Ensino
Curso "Me salve!" está com matrícula grátis e 1ª mensalidade para 10 de março