Menu
domingo, 24 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Bloco As Poderosas de Ladário traz para a Avenida a luta contra o mosquito Aedes Aegypti

03 fevereiro 2016 - 14h34Gesiane Medeiros
Pelo terceiro ano consecutivo, o Bloco “As Poderosas de Ladário”, marcará presença no Espaço Folia, da Pérola do Pantanal. Trazendo como tema “As Poderosas Engajadas na Luta contra o mosquito Aedes Aegypti”, o Bloco tem a proposta de se tornar uma agremiação carnavalesca da cidade, levantando a Bandeira da luta contra as doenças Dengue, Febre Chikungunya e Zica Vírus, bem como também a Luta da Mulher, enfatizando os seus direitos dentro da sociedade, dizendo não à violência e a discriminação. As interessadas em participar deste grande movimento carnavalesco, devem realizar as inscrições até o dia 06 de fevereiro, na residência da “Dona Antoninha”, até às 11h00, localizada na rua Comandante Souza Lobo, Centro. De acordo com a Superintendente de Políticas Públicas para as Mulheres e uma das coordenadoras do Bloco, Creuza Elizabeth da Matta, o foco principal das “Poderosas de Ladário”, é formar um grupo de multiplicadores, mostrando os riscos que o mosquito oferece à população, levantando as Bandeiras de luta contra o mesmo, assim, como de Luta da Mulher pelos seus direitos, dentro da sociedade. “Nada melhor do que aproveitar a festa de Carnaval, que cresce a cada ano e que ganha reconhecimento pela sua grandiosidade, para firmar as ações que serão desenvolvidas durante 2016. Todas as mulheres estão convocadas a participar e nos ajudar a levantar essa causa, afinal unidas teremos mais voz dentro da sociedade, mostrando o risco que aquele pequeno mosquito nos oferece, botando as nossas vidas em perigo. Por isso, é importante que a população se conscientize, fazendo cada um a sua parte”, disse Creuza. Ainda conforme ela, para este ano, o Bloco ganhará mais uma Ala, que será representado pelos trabalhos da Assistência Social, que mostrará todas suas ações e atividades desenvolvidas com crianças, jovens e adolescentes.  “No dia do desfile, faixas e cartazes serão utilizados para ajudar na divulgação, sem esquecer de brincar um Carnaval tranquilo, como foi apresentado no ano passado”, completou. O Bloco desfilará no sábado de Carnaval. Podem participar mulheres acima de 18 anos, já as crianças devem estar acompanhadas pelos responsáveis, munidas com autorização do Conselho Tutelar. No ato da inscrição, será cobrada uma taxa de colaboração no valor de R$ 25,00, destinada para as camisetas.   Confira parte da letra das Poderosas de Ladário : É carnaval o clima é de alegria Com as poderosas de Ladário, pode crer que tem folia  Se você não vai, não vai me impedir Caio na folia, eu quero é me divertir Vou tomar cuidado, pra não me machucar Febre Chikungunya, Dengue e Zika, não podem me derrubar Tenha consciência, toma preocupação, Cuidar da saúde é dever e obrigação Somos as Poderosas presentes ao Carnaval Que deixam este recado que só assim fica legal.         Texto da assessoria de comunicação da prefeitura Municipal de Ladário

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois turistas são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória no rio Miranda
Alerta
Últimos dias para inscrições em editais da Funarte
Imunização
Quem pode se vacinar contra Covid neste fim de semana
1 hora a menos
Agepan defende o retorno do horário de verão para economia de energia em MS
74 vagas
Concurso público da Sanesul recebe inscrições até 11 de novembro
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19
Orientação
O que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
CNH MS Social
Programa de habilitação gratuita já tramita na Assembleia Legislativa
Tempo
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Precaução
Tradicional Procissão Fluvial é cancelada devido previsão de mal tempo

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19