Menu
terça, 07 de dezembro de 2021
Andorinha Dezembro
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Balanço da Polícia Militar Rodoviária aponta quase 75 mil quilos de drogas apreendidas em 2015

12 janeiro 2016 - 09h12
A Polícia Militar Rodoviária (PMR) apresenta relatório das operações e fiscalizações realizadas através das dez Bases Operacionais, nas rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul, no ano de 2015. Os números apontam um aumento significativo de combate aos ilícios penais, principalmente ao tráfico de drogas e contrabando de cigarros. O somatório de drogas apreendidas em 2015 elevou o índice em 11% comparado com o ano interior. Os números apontam um total de 74.337,200 quilos de maconha; 366,632 quilos de cocaína; 205,975 quilos de pasta base e 0,275 quilos de haxixe, o que alcançou uma soma de 74.910,082 quilos de drogas apreendidas, um aumento de mais de 11% em comparação com o ano de 2014. Em relação ao número de apreensões de cigarro, a diferença é ainda maior, foram apreendidos 997.852 pacotes de cigarros em 2015, contra 363.860 no ano anterior, um aumento de mais de 174%, ocasionando prejuízo de mais de 160 milhões aos infratores da lei. Além do combate aos ilícitos penais nas rodovias e estradas do Estado, a Polícia Militar Rodoviária desenvolveu um trabalho intenso de fiscalização para coibir as violações às leis de trânsito, visando diminuir o número de acidentes automobilísticos. Em 2015 houve uma redução significativa no número de vítimas fatais decorrentes de acidentes ade trânsito em relação ao ano anterior. Em 2014 foram 153 vítimas fatais, contra 105 em 2015, uma redução de 31,38%. Abaixo outros números alcançados pela Polícia Militar Rodoviária em 2015:
  1. Pessoas abordadas: 227.987;
  2. Veículos vistoriados: 207.261;
  3. Autos de Infração de Trânsito lavrados: 19.256;
  4. Documentos recolhidos (CLA e CNH): 2.674;
  5. Veículos apreendidos: 387;
  6. Vítimas fatais em acidentes automobilísticos: 105 (Redução de 31,38%);
  7. Veículos recuperados: 94;
  8. Mandados de prisão cumpridos: 15;
  9. Armas apreendidas: 23;
  10. Apreensão de contrabando e descaminho: 297.
O comandante da Polícia Militar Rodoviária, Coronel QOPM Waldir Ribeiro Acosta, destaca que “o balanço positivo é reflexo do trabalho de valorização dos policiais militares, que é uma das diretrizes do seu comando”. O comandante estabeleceu, juntamente com seus oficiais, diretrizes de valorização e incentivo ao policial militar, principalmente os que trabalham na rodovia, na linha de frente de combate aos ilícitos penais que ocorrem nas estradas e rodovias do Estado. “Nada pode ser mais importante do que o material humano de que se dispõe. Os números positivos são importantes, obviamente, entretanto, não podem ser considerados unicamente como balizadores dos objetivos de qualquer comando. Por isso, nenhum investimento é mais importante do que aquele que realmente faz a diferença, o ser humano, que deve estar consciente da importância da sua missão para a sociedade e para consigo”, destaca o Coronel.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
IFMS convoca para heteroidentificação em seleção de cursos técnicos integrados
Tecnologia
Webinar das Cidades Digitais reúne Prefeituras do MS e Ministério das Comunicações nesta terça
Fiscalização
PMA aplica R$ 17 mil em multas e apreende 47 quilos de pescado no primeiro mês de piracema
Cidadão
Caixa divulga calendário de pagamentos do INSS de 2022
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Serviço Público
Recesso na Assembleia começa no próximo dia 22 e trabalhos retornam em fevereiro
Eleições 2022
Tucanos buscam apoio no MDB e PSD
Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital

Mais Lidas

Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás