Menu
segunda, 20 de maio de 2024
Câmara de Corumbá - Maio Amarelo 2024
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Autonomia econômica para mulheres será o tema da Rota do Desenvolvimento em Corumbá

20 fevereiro 2016 - 12h33Redação
A Rota do Desenvolvimento Região Pantanal acontece de 15 a 17 de março em Corumbá e terá uma novidade na programação em relação às outras edições do evento. Será a Roda de Conversa “Autonomia Econômica – Transformando a Vida das Mulheres”, que acontecerá das 9h às 11h do dia 16 e março. Ela é organizada pela Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, da Sedhast e é uma contribuição da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade) nas ações do governo do Estado em comemoração ao Mês da Mulher e ao Dia Internacional da Mulher (8 de março). A Roda de Conversa vai abordar ainda questões como rompimento de eventual ciclo de violência, submissão e humilhação, além da independência financeira do agressor. O encontro será mediado pela subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja. Direito das mulheres no mundo do trabalho, equidade salarial, participação da mulher em micros e pequenos empreendimentos, direito a uma vida sem violência e enfrentamento a todas as formas de violência contra mulheres e meninas serão debatidos durante da roda de conversa, que também contará com a presença de representantes da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do município de Corumbá e da sociedade civil organizada.Segundo Luciana Azambuja, o tema foi tratado em edições anteriores da Rota, mas para o evento em Corumbá recebeu um momento específico na programação. “Já havíamos participado de duas edições anteriores da Rota do Desenvolvimento, em parceria com o Sebrae/MS no Painel Mulher de Negócios – Empreendedorismo Feminino em Pauta, conduzido pela diretora técnica da instituição, Maristela França. Dessa vez, a convite do secretário Jaime Verruck e do secretário-adjunto da Semade, Ricardo Senna, participaremos pela primeira vez como protagonistas, levantando essa discussão tão importante para as mulheres”, explicou. Quebra do ciclo de violência e empreendedorismo das mulheres A delegada de Polícia Civil e diretora do Departamento de Polícia da Capital, Sidnéia Tobias, será uma das participantes da Roda de Conversa na Rota do Desenvolvimento Região Pantanal. Segundo Sidnéia, a sociedade ainda tem uma visão restrita da questão da violência contra a mulher, só observando o aspecto da agressão física . “A violência contra a mulher existe não só em relação à agressão física, mas quando também há exploração sexual, nas ameaças, no ambiente de trabalho e no assédio. É preciso todo um cuidado e um olhar extremamente atento do Poder Público para que a mulher possa realmente ser respeitada na sociedade”, destacou. Para a delegada de Polícia Civil da Capital, a Rota do Desenvolvimento tem papel fundamental na discussão, reflexão e capacitação das mulheres que vivem em situação de vulnerabilidade. “Esse evento é importante para levar conhecimento e estrutura a essas mulheres, pois uma das questões mais significativas na manutenção do ciclo da violência é a mulher se submeter às agressões por não ter condições financeiras, ou seja, autonomia para sobreviver sozinha. Ao assistir palestras e participar de cursos, ela terá a oportunidade de saber onde, como e com o que poderá empreender em seu município e o que ela quer para a vida dela, para a vida dos filhos e como ela que ser vista pela da sociedade”, disse a delegada.Sidnéia ainda ressalta que o evento proporciona o acesso à informação com a finalidade de dar continuidade ao aprimoramento e mudança desse cenário que já vem sendo desconstruído, ao longo do tempo, por mulheres pioneiras no combate à violência. “Esse é um dos programas fundamentais do governo de Reinaldo Azambuja para que tenhamos maior desenvolvimento econômico da mulher e com isso ela possa sair dessa situação de vítima para e uma pessoa realmente integrada no mundo do trabalho”, concluiu. Rota do Desenvolvimento A Rota do Desenvolvimento Região Pantanal acontece entre os dias 15 e 17 de março em Corumbá. O objetivo é fomentar a interiorização do desenvolvimento e a diversificação da matriz econômica sul-mato-grossense, com destaque à região de fronteira. Durante os três dias de evento, os participantes terão acesso a palestras, mesas, debates, workshops e atendimentos voltados a empresários e empreendedores da região do Pantanal. A realização da Rota é do governo do Estado, por meio da Semade, do Sebrae, entidades ligadas ao setor produtivo e órgãos estaduais parceiros.  O evento é uma das atividades promovidas no âmbito do Programa Estadual de Apoio aos Pequenos Negócios (Propeq). No ano passado foram realizadas quatro edições (em Nova Andradina, Coxim, Dourados e Três Lagoas). Confira a programação no site www.rotadodesenvolvimentoms.com.br.       Texto do Notícias MS  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura Pantaneira
Prazo para inscrição de festeiro em edital de apoio financeiro da Prefeitura termina 5ª feira
Socorro Aéreo
Homem com suspeita de AVC é resgatado por aeronave na região do Paiaguás
Lei Geral
Câmara avança no processo de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais
Manifestação
Setor de transporte protesta por falta de combustível e ameaça fechar a fronteira
Hoje
Semana Municipal do Brincar inicia nesta segunda em Corumbá
Hoje
Semana do MEI traz palestra com influencer Manu da Peixaria para Corumbá
Assistência Social
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2
Economia
Prazo de renegociação do Desenrola Brasil acaba nesta segunda
Ia para São Paulo
Passageiro é preso no aeroporto de Corumbá com 125 cápsulas de cocaína no estômago
Oportunidade
MS abre semana com 4,1 mil vagas de emprego em diferentes setores

Mais Lidas

Manifestação
Setor de transporte protesta por falta de combustível e ameaça fechar a fronteira
Hoje
Semana Municipal do Brincar inicia nesta segunda em Corumbá
Hoje
Semana do MEI traz palestra com influencer Manu da Peixaria para Corumbá