Menu
segunda, 15 de agosto de 2022
Governo - Utilidade Pública - Agosto/22
Andorinha Institucional
Geral

Aumento de casos coloca Puerto Quijarro em estado de alto risco de contaminação

20 junho 2020 - 09h16Gesiane Sousa com informações do Ercel Puerto Quijarro

A vice-presidente do Conselho Municipal de Puerto Quijarro (BO), Elda Mercado, afirmou que o município estará sob alto risco de infestação a partir de segunda-feira (22). Uma brigada de médicos chegará à cidade com medicamentos para combater a Covid-19. Segunda líder comunitária, a estratégia deve ser de encapsulamento da região, que não tem estrutura para atender a demanda de casos que só aumenta.

Elda exemplificou que o prefeito e outras autoridades municipais também estão em quarentena. “Peço ao governo nacional atenção ao nosso município, pois os casos foram aumentados”, disse a representante. O comitê determinou que o desastre sanitário municipal é declarado pelo Conselho, e estado de alto risco deve ser aprovado por lei municipal nesta segunda-feira.

Em entrevista cedida a Ercel, através de transmissão ao vivo pelo Facebook, Elda suplica pela atenção das autoridades nacionais à região de fronteira. Elda relata que vizinhos e conhecidos morrem diariamente sem chance de lutar pela própria vida, porque não há recursos médicos disponíveis. A situação é de desastre sanitário. 

A situação sanitária precária na fronteira, sempre foi uma preocupação, não apenas para Bolívia, mas também para Corumbá, que faz divisa territórial e fica exposta a transmissão de doenças. A fronteira seca entre os dois países facilita a travessia e a disseminação de enfermidades.

O site Capital do Pantanal conversou com universitários brasileiros de medicina  na Bolívia. Por serem bolsistas, pediram para não serem identificados. Eles estão profundamente apreensivos com a sitação de incerteza. As aulas que já estão suspensas, ocorrendo apenas pela internet, agora estão cada vez mais distânte da possibilidade de retorno, devido ao aumento acelerado de casos na região. Alguns deles, já estão no último período e temem terem que adiar a conclusão do curso devido a calamidade em Puerto Quijarro. 

Matéria atualizada às 12h20 de 20 de junho de 2020.

 

 

 

 

 

 


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Para usar drogas
Indivíduo furta celular da irmã e vende por R$ 20 reais
Na Câmara
Projeto de Lei pede inclusão de alunos com deficiência nas aulas de educação física da Reme
Em um táxi
Boliviano é preso com quase 15 quilos de cocaína na fronteira
Eleições 2022
Campanha eleitoral inicia amanhã; entenda regras para candidatos e partidos
Assistência Social
Caixa paga Auxílio Brasil a beneficiários com NIS de final 5
Corumbá
Comemoração de Dia dos Pais termina com briga entre famílias no bairro Cristo Redentor
Nove pessoas foram conduzidas para Delegacia; um homem precisou ser algemado e uma mulher precisou de pontos no Pronto Socorro
Operação Pesca Legal
PMA reforça vigilância aos cardumes e apreende petrechos ilegais de pesca
Tempo
Semana começa com máxima de 38°C no estado e previsão de virada de tempo amanhã
Corumbá tem máxima prevista em 37°C para esta segunda (15)
Próximo a Agesa
Boliviano é socorrido com fratura após colidir em caminhão na Ramon Gomes
Ladário
Inscrições abertas para a Escola de Futsal Pérola do Pantanal

Mais Lidas

Próximo a Agesa
Boliviano é socorrido com fratura após colidir em caminhão na Ramon Gomes
Destaque
Concursos públicos em Mato Grosso do Sul atraem candidatos de outros estados
Turismo
Requalificação da orla do Porto Geral terá investimento de R$ 87,4 milhões
Implantada
Maternidade de Corumbá ganha farmácia exclusiva