Menu
quinta, 06 de maio de 2021
Governo - O Estado que cresce - Maio
Geral

Atenção para as dicas de segurança do Corpo de Bombeiros

02 março 2019 - 09h02Portal do MS

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMS) realiza até quarta-feira (6.3) a operação Carnaval 2019, que contará em todo Estado com 930 bombeiros. O objetivo é garantir que os festejos realizados em clubes sociais, logradouros e balneários, ocorram sem nenhuma alteração.

A fiscalização desenvolvida pela Corporação, neste período, é fundamental na prevenção e orientações de medidas de segurança nos pontos de festa, além de evitar que possíveis tragédias ocorram. Nos clubes sociais, existe a necessidade de certificação para que o evento transcorra seguindo todas as exigências técnicas. Se o local já possuir o certificado, os bombeiros verificam possíveis alterações que deverão ser corrigidas para que a folia ocorra sem nenhum perigo.

Nos logradouros e outros pontos são vistoriadas as condições de segurança de estrutura de palcos e arquibancadas, assim como dos camarotes, som e iluminação.

Se for viajar, antes de sair de casa

Feche os registros de água e gás para evitar inundações e incêndio;

Retire os eletrodomésticos da tomada e desligue o chuveiro elétrico, isso evita que os equipamentos queimem em alterações de tensões.

Na estrada

Antes de pegar a estrada, faça uma revisão do veículo. Repor a água do radiador e para-brisa, verificar o óleo e fazer a calibragem dos pneus (inclusive do estepe) são procedimentos necessários;

Use o cinto de segurança e exija que os outros passageiros também usem, não ultrapasse o limite de velocidade da pista e respeite a sinalização;

Se estiver com sono, pare o carro em um local seguro próximo a um posto policial, posto de serviços ou em algum hotel para descansar;

Não se arrisque em ultrapassagens. Em estradas, elas geralmente são mais perigosas do que na cidade – até para motoristas experientes.

Carnaval e blocos de rua

Se levar seus filhos com você, esteja atento para não os perder de vista, identifique-os com pulseiras ou crachás plastificados contendo seu nome e seu telefone;

É importante manter a criança hidratada;

Em aglomerações, mantenha crianças sob constante vigilância;

Se encontrar uma criança perdida verifique se ela está com uma pulseira de identificação com os telefones dos responsáveis para contatá-los; se não, leve-a a um posto do Corpo de Bombeiros Militar ou da Polícia Militar;

Crianças não devem ser colocadas em cima de trios elétricos.

Em Boates, clubes e afins

 

Informe-se sobre a localização das saídas de emergência;

Mantenha as crianças próximas, carregando-as no colo ou pelas mãos;

Procure sempre sair do recinto de forma ordenada, respeitando a ordem de saída;

Procure sempre por locais onde haja o Certificado de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

Caso observe alguma irregularidade, informe o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone de emergência: 193.

Balneários, rios e piscinas

Alimente-se com moderação, prefira comidas leves e evite o excesso de bebida alcoólica;

Procure sempre um local com segurança de guarda-vidas.

Sempre que for nadar, avise um parente sobre o local para onde está indo e a hora programada para retorno;

Crianças não devem brincar em piscina sem a supervisão de um adulto. Mas não as deixe sob cuidados de pessoas estranhas;

As crianças não devem brincar de empurrar, dar “caldo” dentro da água ou simular que estão se afogando;

Não permaneça perto de embarcações;

Cuidado com o limo nas pedras ele pode fazer você escorregar e cair na água;

Nunca mergulhe de cabeça em locais com profundidade desconhecida.

Em caso de Afogamento

          Se você for a vítima

Mantenha a calma e não lute contra a força e correnteza da água. Guarde suas forças para flutuar e tente acenar por socorro. É menos desgastante e produz maior efeito;

Só grite se realmente alguém puder lhe ouvir, caso contrário, você estará se cansando e acelerando o afogamento;

Coloque os pés à frente e a barriga para cima e direcione o braço de forma a usá-lo como um leme, desta forma a própria correnteza o levará a margem.

          Se for socorrer alguém se afogando

Analise os riscos e tome cuidado para não se tornar mais uma vítima;

Chame por ajuda e jogue qualquer material de flutuação ao afogado (garrafa pet vazia tampada, tampa de isopor, bola, etc.);

Deixe primeiro que a vítima se agarre ao objeto e fique segura. Só então tente puxá-la para a área seca, com ajuda de galhos, corda, ou outro material.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
MS recebe 50,5 mil doses da Astrazeneca do Ministério da Saúde
GERAL
PMA de Corumbá recebe doação de viatura da Vale para uso na fiscalização no Pantanal
SAÚDE
Prefeitura leva atendimento médico de rotina para o Porto Esperança
POLICIAL
Jovem é preso com 483 unidades de maconha no Cristo Redentor
POLICIAL
PMA apreende mais três tigres d'água em chácara
COVID-19
Vereador reforça necessidade de imunizar trabalhadores do CAC contra a Covid
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial
POLICIAL
PRF apreende mais de 1,5 tonelada de maconha em MS
CIDADE
Vereador solicita informações sobre estágio de projeto de reforma do antigo mercadão
SEMANA NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES
Wi-Fi Brasil leva internet a mais de 13 mil pontos remotos do país

Mais Lidas

POLICIAL
Assaltante é preso em flagrante no bairro Popular Velha
CONTRABANDO
PRF apreende carga com prata na BR 262 avaliada em 2 milhões de reais
EDUCAÇÃO
Senac oferece desconto de 30% em cursos EAD em diversas áreas
APOIO A SAÚDE
Vale inicia nova parceria na região com o projeto Ciclo de Saúde Pantanal