Menu
quinta, 23 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

“Atenção é uma doação essencial”, diz diretora do Asilo São José

31 março 2016 - 12h34Gesiane Medeiros
O Asilo São José, localizado na rua Cabral, região central da cidade, atende a aproximadamente 80 idosos, entre eles, acamados que se quer conseguem se movimentar sozinhos. A instituição é mantida através de verba de convênios com a prefeitura do município, governo do estado e também com o governo federal. Além das verbas públicas diversas empresas, entidades e pessoas da sociedade ajudam com doações de mantimentos, objetos, espécie e também atenção, algo que não se toca, mas se sente, e que segundo a diretora do asilo, faz uma grande diferença na vivência dos idosos. Diretora da casa há 10 anos, Lina Nascimento, explica que não pode reclamar, “recebemos visita com frequência de diversas pessoas e também de entidades, agradecemos muito a todos que doam seu tempo aos nossos idosos, pois a grande maioria são abandonados pela família”.No último domingo (27), data em que se comemora não só a Páscoa como também o dia mundial do teatro, os moradores do asilo receberam uma visita inusitada, o Grupo de Teatro Recreativo e Meditativo (Gett), levou músicos e atores devidamente caracterizados com figurinos e objetos cênicos. A apresentação foi totalmente interativa com poesia, contação de histórias e lendas da cidade, piadas e muitas cirandas. Para Salim Haqzan, ator e diretor teatral do grupo, a experiência foi única, “foi incrível e emocionante, a maioria das senhoras e senhores do Asilo cantaram com a gente e mesmo com seus movimentos comprometidos queriam nos tocar, abraçar e dançar. Decidimos que essa ação fará parte da nossa agenda, todos os meses visitaremos o Asilo com uma apresentação diferente”. Um dos momentos mais impressionantes, segundo Salim, foi quando citaram um antigo jornal da cidade que publicava crônicas de terror, e para surpresa de todos, um dos senhores, internos da instituição, informou que o jornal era de seu irmão, “o senhor nos contou vários fatos sobre o jornal, foi incrível”, disse o diretor.As visitas tem horário reservado das 14h30 às 16h30 todos os dias, e podem ser feitas por qualquer pessoa, basta que agende com a diretoria para que uma das 30 funcionárias da casa auxilie na ação. A diretoria do Asilo é composta por Cerise Barros (Presidente há 40 anos), Mirian Nogueira, Lina Nascimento, Carla Borges, Eliege Ferreira, Anuncia Yala e Eulinda Aponte. O telefone de contato do Asilo é 3231-3888.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tráfico de Drogas
Boliviana presa com pasta base diz ter recebido a droga do marido
Disque-Denúncia
Gaeco disponibiliza telefone para receber denúncias da operação "Cartão Vermelho"
Ônibus para Capital
Menor é apreendida transportando pacotes de Skunk presos ao corpo
Boletim Epidemiológico
MS registra 9.155 casos confirmados de dengue
Reconhecimento
Investigadora da Civil de Corumbá é homenageada pelo combate à crueldade contra animais
Vigilância Sanitária
Governo cria "MS Vacina Pet" e destina R$ 1,9 milhão contra a raiva
Em Dourados
PF mira em quadrilha de MS que transportava drogas em tanques de combustível
Sob Alerta
Inmet divulga alerta de perigo para o sul do país
Nova Data
Concurso Unificado será em 18 de agosto, confirma Ministério da Gestão
Variedades
Tipos de apostas no futebol

Mais Lidas

Agenda Cultural
Evento de som automotivo arrecada doações para RS e Instituto Novo Olhar
Tráfico de Drogas
Mochila abandonada em ônibus é apreendida com 8,7 kg de Skunk
Oportunidade
IHP abre vagas para jovens aprendizes com idades entre 16 e 20 anos
Na madrugada
Homem é preso vendendo droga em beco do bairro Borrowski