Menu
sexta, 14 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Assassino de professora perseguia ex-mulher em 2015 e BO foi arquivado

11 março 2019 - 08h40Sylma Lima

O autor confesso do homicídio qualificado (feminicídio) Edevaldo Costa Leite (31) da professora Nádia Sol Neves, de 38 anos, perseguia a ex-mulher com ligações telefônicas, no trabalho e teria agredido a vítima.

As informações constam no boletim de ocorrência registrado no dia 05/01/2015 e relata o drama da vítima à época que era perseguida pelo autor Edevaldo, os quais foram casados por 01 ano e 06 meses. Segundo o Boletim de Ocorrência o autor era muito possessivo e havia brigas constantes no casamento. A vítima chegou a pedir Medida Protetiva no registro do Boletim de Ocorrência, mas acabou sendo arquivado.

Stalking (perseguição obsessiva) ocorre nos casos em que o ex-namorado, companheiro, que podem configurar delito de Perturbação do Sossegou ou mesmo Ameaça.

O crime

O crime chocou a cidade de Corumbá nesta manhã de domingo, 10 de Março, dois dias após as comemorações do dia da Mulher. A professora Nadja Sol Neves, 38 anos, foi morta pelo ex-companheiro Edevaldo Costa, com 36 facadas, por volta das 07h30min, na casa da vítima, na Alameda Idalina, bairro Universitário.

Edevaldo, seguiu a professora após vê-la em companhia de amigos num pagode da cidade, e ficou de ‘espreita’ ate ela chegar em casa pela manhã. Após discussões, Edevaldo, pegou uma faca que estaria na janela do imóvel, e deu 36 golpes contra a professora porque ela pois fim a um relacionamento. Em seguida para fraudar o flagrante e escapar impune, ele foi se apresentou na delegacia de polícia civil.

Segundo o Delegado Fernando Araujo da Cruz Junior, que preside este inquérito policial, “mantive preso porque a vítima já estava morta e havia perseguição policial”. Fernando explicou que ele vai responder por homicídio com vários agravantes como o “feminicídio” (homicídio qualificado pena de 12 a 30 anos de cadeia), além disso, pode responder por outras qualificadoras como, motivo fútil, emboscada e traição. A lei Maria da Penha esta em vigor desde 2006 e crimes contra as mulheres continuam acontecendo porque os parceiros se recusam em perder e não aceitam que as ex parceiras tenham outro.

Depoimento

A Polícia Civil Edevaldo disse que viu a ex num pagode acompanhada de duas amigas e um homem. Ela saiu da casa noturna, ele foi atrás dela. Chegando na residência de Nadja, o carro dela estava estacionado, mas ela não se encontrava. Ele perguntou para vizinhos que afirmaram que a vítima deixou seu carro e entrou num outro, cuja às características do condutor batem com a do homem que estava no pagode. Ele ficou esperando ela chegar e partiu para a agressão com uma faca, que segundo o acusado, estava na janela. Nadja ainda tentou dizer para ele que estava grávida para que ele parasse com os golpes, as ele continuou até matá-la. Após perícia o delegado Fernando Araujo disse que a autopsia revelou que Nadja não estava grávida, “possivelmente tentou se salvar, apelando, mas não deu certo”.

Quanto a Edevaldo, ele tentou enganar a polícia se apresentando, mas acabou preso em flagrante delito (havia perseguição) e deve passar por audiência de custodia.

Nadja havia saído com amigas para comemorar o aniversário de 38 anos neste domingo (10), mas acabou morta tragicamente. Ela dava aula de Português nas escolas Pedro Paulo de Medeiros e Isabel Correa. A família estava fazendo uma 'vaquinha’ para custear o velório

Estatística só aumentam

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Mato Grosso do Sul recebe nesta sexta novo lote de vacinas da Coronavac
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Bombeiros socorrem vítimas de colisão de carros no Centro
PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS
Bia Cavassa trata com Tereza Cristina sobre recursos para capacitação de brigadistas
OPORTUNIDADE
IEL tem 91 vagas de estágio para Campo Grande, Camapuã e Corumbá
POLICIAL
Polícia Federal apreende cocaína na parte alta de Corumbá
TEMPO
Em Corumbá temperatura varia entre 21°C a 28°C nesta sexta
SAÚDE
Lote com 5,7 milhões de doses de vacinas começa a ser distribuído
POLÍTICA
Iunes aceita convite do Podemos
VOLUNTARIADO
Confeiteiros Solidários realizam Campanha do Agasalho para o Voluntários no Caminho
POLICIAL
PF prende quatro pessoas e apreende 180 kg de cocaína em MS

Mais Lidas

POLICIAL
PF prende quatro pessoas e apreende 180 kg de cocaína em MS
POLICIAL
PM apreende droga, plantas de maconha e prende autor de tráfico
POLICIAL
PM evita suicídio de homem, e o prende após violência doméstica
POLÍTICA
Iunes aceita convite do Podemos