Menu
quarta, 24 de abril de 2024
Governo - Fazer Bem Feito - Abril 24
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Apreensão de drogas nas fronteiras e divisas bate recorde nos últimos três meses

11 agosto 2020 - 14h06Ascom Ministério da Justiça e Segurança Pública

O Programa Nacional de Segurança das Fronteiras e Divisas (VIGIA) do Ministério da Justiça e Segurança Pública registrou, nos últimos três meses, recorde na apreensão de drogas nas fronteiras e divisas do País.  Entre os dias 29 de abril a 31 de julho, a Operação Hórus, um dos eixos do Programa, logrou a apreensão de 261 toneladas de drogas, entre maconha, cocaína, haxixe e outros entorpecentes. De janeiro a março deste ano, a apreensão foi de 34 toneladas.

Coordenado pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Seopi/MJSP), o VIGIA conta com uma atuação integrada com as forças de segurança dos estados. O número de efetivo trabalhando diariamente na Operação passou de 261 policiais para 697, aumento de 267%. Juntos, a força-tarefa composta por mais de cinco mil agentes de segurança pública federal, estadual e municipal, ocasionou grande perda aos criminosos.

Veja alguns dos resultados alcançados pela Operação Hórus durante o período de 29 de abril a 31 de julho:

  • 24,8 milhões de maços de cigarro;
  • 261 toneladas de drogas;
  • 76 embarcações;
  • 1.003 veículos;
  • 1.423 criminosos presos;
  • R$ 119,1 milhões de prejuízo evitado aos cofres públicos (arrecadação de impostos e tributos);
  • R$ 525,1 milhões de prejuízo aos criminosos com a venda de ilícitos

De acordo com o coordenador-geral de Fronteiras da Seopi/MJSP, Eduardo Bettini, apesar do VIGIA ter tido início em abril de 2019, um salto muito importante foi registrado na atual gestão do Ministério. “Esse resultado é fruto da atuação integrada entre as instituições envolvidas e os operadores de segurança pública presentes em onze estados da federação”, afirmou.

A quantidade de bases operacionais do Programa VIGIA aumentou de 34 para 64. Ao todo, o Programa está presente em onze Estados.

“O investimento é para intensificar os trabalhos. A integração entre estados e União ampliou significativamente a presença do Programa, o que resulta em mais operações, mais equipamentos e mais ações de capacitação gerando assim um ganho representativo para a segurança pública de fronteira em nosso país”, finaliza Bettini.

Programa Vigia de repressão ao tráfico de drogas atua desde o mês de abril do ano passado. Foto: Divulgação 

 

Desde abril de 2019, o Programa VIGIA atua com o objetivo de blindar a entrada no Brasil de armas, drogas e produtos contrabandeados pelos cerca de 17 mil quilômetros de fronteira. O programa conta com operações em andamento nos estados do Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, além das divisas do Tocantins e Goiás.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Causa Animal
Projeto de Lei cria o Dia Municipal de Adoção Animal em Corumbá
Assembleia Geral
Professores da UFMS decidem por paralisação a partir de 1º de maio
Cidade Limpa
Vereador cobra instalação de lixeiras na cidade com intensa campanha educativa
Boletim
Com mais 1 morte confirmada, MS já tem 15 vítimas da dengue
Por 30 dias
Morte de cão extraviado faz Gol suspender transporte de animais
Saúde
Anvisa publica resolução que proíbe cigarro eletrônico no Brasil
Economia Nacional
Beneficiários do INSS começam a receber o 13º a partir desta quarta-feira (24)
Administração
Lajotas retiradas da rua Ladário serão reaproveitadas em alamedas e vias de menor movimento
Saúde Pública
Vereador pede agilidade nas cirurgias ginecológicas para reduzir fila de espera em Corumbá
Administração
Convênio com o Estado garante R$ 34,5 milhões para infraestrutura urbana e rural em Corumbá

Mais Lidas

Eleições 2024
PL apresenta pré-candidatos a vereadores em Ladário
Oficial
Prefeitura divulga gabaritos do concurso público; prazo para recursos abre dia 24
Travessia Reestabelecida
Embarcação brasileira apreendida ilegalmente na Bolívia é devolvida após quatro dias
Profissão
Voucher Transportador já atendeu 990 motoristas e pode ganhar novas vagas