Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Aplicativo de celular pode ser importante ferramenta do turismo local

26 junho 2018 - 09h10Câmara de Corumbá

Um aplicativo para orientar turistas e a própria população corumbaense, está sendo sugerido pelo vereador e presidente da Câmara Municipal, Evander Vendramini, por meio de um requerimento endereçado ao diretor-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, Rufo Vinagre.

A ideia é que o Município disponibilize um aplicativo para telefones celulares, disponível nos sistemas iOS, da Apple, e Android, com dicas de pontos turísticos para visitar, onde comer e fazer compras, dicas de baladas e acomodações, informações de turismo na natureza, informações sobre a história da cidade, além de atender também quem reside em Corumbá.

“Corumbá necessita de uma ferramenta como essa que, sem dúvida, será importante para fomentar o turismo local. Por meio desse aplicativo, os turistas e até mesmo quem reside na cidade, contará com serviços e informações importantes, além de visualizar empreendimentos como restaurantes, pousadas, propriedades do agro turismo e outros serviços disponíveis nessa nova tecnologia”, ressaltou.

Segundo Evander, “o aplicativo para celular vai inclusive aproximar o cidadão ainda mais da prefeitura, como também permitir exposição das promoções dos nossos empreendedores”, concluiu.

Poluição visual

Por outro lado, o vereador está solicitando à diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, Ana Cláudia Moreira Boabaid, a realização de estudos, visando implantar uma Lei Municipal que assegura penalização de pessoas que colocam cartazes em locais públicos, causando poluição visual.

“Colar cartazes em postes não é permitido por lei. Isso causa poluição visual e prejudica a beleza da cidade que fica com um aspecto de local sujo. Sendo assim, para que a população seja consciente, é preciso criar ferramentas legais para penalizar quem pratica atos como esses, além de disponibilizar uma campanha de educação para evitar fatos como este”, completou.

Também à Fundação de Turismo, e atendendo pedido dos moradores, o vereador solicitou fiscalização na região da via férrea, dos níveis de decibéis dos trens que circulam entre o período das 22 horas às 6 horas, desrespeitando a Lei do Silêncio, que determina o nível de barulho conforme zoneamento e horários.

“Os moradores reclamam que o som é ensurdecedor e contínuo, causando desconforto das pessoas que residem nas imediações”, explicou. Evander aproveitou também para solicitar à Prefeitura, a instalação de cancelas nas passagens de nível da região urbana.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Bombeiros
Incêndio urbano atinge vegetação em morraria com difícil acesso
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19
Decisão Popular
Servidores optaram por receber o 13° salário de forma integral em dezembro
Previsão
Sancionada LDO que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Esperança
Taxa de contágio da Covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Tempo
Final de semana continua com alerta para tempo seco em Mato Grosso do Sul
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19