Menu
quarta, 01 de dezembro de 2021
Cassems - Rede Amo
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Andorinha dribla crise sem demissões e reforça equipe para manter qualidade

12 outubro 2020 - 08h56Sylma Lima

Atravessar uma crise como a da pandemia do Coronavírus definitivamente não é para empresas amadoras. É preciso ter bases fortes e uma potência latente para manter o funcionamento sem derrapar nas curvas acentuadas de um cenário jamais vivenciado. Enquanto empresas multinacionais anunciavam demissões em massa, a empresa de Transportes Andorinha seguiu na contramão e não demitiu nenhum dos seus 150 funcionários diretos em Corumbá.

Além de não demitir por conta da pandemia, a empresa conseguiu criar demandas no atendimento às mineradoras e fábricas da cidade, o que gerou contratações em reforço ao pessoal. A Andorinha gerou emprego e renda aos corumbaenses mesmo em meio à crise econômica.

Quem visita a sede da empresa em Presidente Prudente (SP), entende facilmente a potência que é a Andorinha. São 60 m2 de uma estrutura autossuficiente com ambulatório médico, refeitório, dormitório, posto de combustível, fábrica de pneu, Central de Atendimento ao Cliente e Central de Tecnologia e Informática, que  monitora em tempo real, cada ônibus Andorinha que transita nas estradas brasileiras.

A Andorinha tem mais de 70 anos e atua na Cidade Branca desde 1961, quando as estradas eram comparadas com o ‘velho oeste’. Possui mais de 1.200 funcionários no país, 320 agências distribuídas nas cidades atendidas, 18 garagens estrategicamente localizadas e uma frota de mais de mil ônibus em todo o país, que circulam mais de 3,7 milhões de quilômetros, com uma média de 220 mil passageiros transportados todos os meses em rotas nacionais e internacionais.  

Viajar com tranquilidade

A segurança à vida dos passageiros é prioridade, motoristas realizam exames e recebem reciclagem periódicas, trabalham dentro das normas estabelecidas para a categoria, sem horas extras ao volante. Além da tranquilidade de viajar em ônibus confortáveis e confiáveis, com manutenção em dia, passageiros Andorinha são assegurados quanto ao extravio de bagagem e acidentes de trânsito. Ônibus em circulação são monitorados em tempo real por técnicos da central de tecnologia, prontos para acionar qualquer emergência. A central de atendimento ao consumidor funciona 24 horas por dia, com 11 funcionários organizados em escala.

Mesmo diante de tanta responsabilidade, durante o período em que as viagens intermunicipais foram paralisadas em diversas cidades do país, incluindo Corumbá, pessoas se arriscaram em viagens clandestinas, apostando numa economia falsa. Afinal, qual a vantagem em pagar mais barato se não há tranquilidade, nem segurança ao bem maior: a vida.

Todos os ônibus são monitorados em tempo real. Foto: Capital do Pantanal

Preparação

Foram cinco meses com a rodoviária intermunicipal de Corumbá fechada. Durante esse período, a Andorinha se preparou e adquiriu equipamentos como o túnel de desinfecção, termômetros, máscaras de proteção facial entre outros. Montou seu próprio plano sanitário e contribuiu para a saúde do município com doações de equipamentos de proteção individual e álcool em gel, utilizados pelos profissionais da saúde atuantes na linha de frente da Covid-19. Em 31 de agosto, a prefeitura liberou o retorno das atividades e a Andorinha voltou a cumprir com sua vocação: transportar vidas com segurança e tranquilidade, respeitando todas as normas de biosseguranças estabelecidas pelas autoridades.

Túnel instalado no terminal rodoviário em Corumbá. Foto: Capital do Pantanal

Durante o período de paralisação dos ônibus, a Agepan flagrou motoristas de aplicativo e até ônibus de fretagem oferecendo o serviço de forma ilegal. Centenas de passageiros ficaram expostos ao constrangimento de ter a viagem interrompida e alguns terminaram se acidentando. Os exemplos foram vários e, com o retorno da atividade regular, deve ficar o aprendizado: optar por empresas regulamentadas e responsáveis com a vida do passageiro é o caminho acertado.

Promoções

Desde que as atividades retornaram, a Andorinha tem divulgado promoções atraentes aos passageiros que ainda enfrentam restrições financeiras devido a pandemia. Atualmente, a passagem Corumbá X Campo Grande chega a custar até R$ 60 dependendo do horário. A compra é facilitada no cartão de crédito através do site e aplicativo. Também é possível adquirir passagens no guichê localizado no terminal rodoviário do município, na Avenida Porto Carreiro. 

Horários

No terminal rodoviário em Corumbá, os ônibus com destino para Capital saem em cinco horários pré-definidos e o sexto é reservado para demanda. Os horários são: 7h30, 10h30, 13h, 23h30 e 23h59.

O trajeto para outros Estados também funciona plenamente, a Andorinha leva passageiros com segurança para São Paulo, Cuiabá e Rio de Janeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Crescimento
MS tem 37,9 mil trabalhadores formais a mais que antes da pandemia
Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Meio Ambiente
Sanesul é cobrada para eliminar descarte de lodo na região do Porto Geral
Benefício
Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário
Infraestrutura
Recuperação de galeria no bairro cervejaria é urgente
Acidente
Motociclista sofre ferimentos em queda acidental
Inédito
Bonito recebe primeiro voo em conexão direta com Congonhas nesta quinta-feira (02)
Habitação
Decreto regulamenta projeto Lote Urbanizado e cria novas regras e prazos
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos
Jovens Empreendedores
Alunos de Escolas Municipais de Porto Murtinho expõem produtos desenvolvidos em sala

Mais Lidas

Alerta
Estudantes de medicina denunciam faculdade boliviana por aulas presenciais com casos de Covid
Desdobramentos
Universidade de medicina na Bolívia responde denúncia e concede exame virtual
Farsa
Bolivianos são presos ao tentavam ir para a Europa com documentos paraguaios
Cidade
Briga de casal termina com marido ferido por faca