Menu
segunda, 24 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Advogado é preso em flagrante por aplicar golpe ao tentar vender terreno de outra pessoa

05 outubro 2022 - 16h00Midiamax

Um  de Campo Grande foi  em flagrante na tarde de terça-feira (4) em um cartório no Centro da cidade, quando tentava vender um terreno que não lhe pertencia e sem autorização do verdadeiro proprietário.

A vítima, uma mulher, contou que visualizou anúncio no mês passado sobre a venda do terreno e entrou em contato. Com o suposto proprietário foi acordado uma permuta em relação a um terreno que seu marido também possui. Após a negociação, ficou acordado que o advogado finalizaria a transação. O advogado, desmentiu a primeira pessoa que fez contato e disse que o terreno era de sua propriedade, e que inclusive possuía outros 7 terrenos na região, Bairro Chácara dos Poderes.

A mulher chegou a ver o terreno, que ainda está com área bruta de mata e após acordado, na tarde de terça-feira a mulher foi ao cartório com o advogado, mas desconfiada resolveu consultar a descrição do terreno e acabou descobrindo que o local estava no nome de uma mulher. Em seguida ligou para o advogado da proprietário do terreno, que lhe informou que o local não estava à venda e que seria um golpe.  

A mulher relatou que o terreno foi oferecido por R$ 100 mil e que já havia feito até contrato de permuta, passando seu terreno para o golpista.

Após avisar os verdadeiros donos, informou que estava no cartório com o tal advogado. Logo em seguida policiais chegaram no local. Ambos foram levados para a Depac Centro, onde foi apresentado prints das conversas e negociações entre vítima e autor.

Foi constatado que o homem usava uma procuração falsa lavrada no Cartório de Notas do Maranhão e tentou fazer uso deste documento no cartório de Campo Grande. Como ele tentou a fazer o mesmo com outro terreno da mesma proprietária, o filho da dona dos terrenos, que também é advogado, acredita que o autor tem a relação de imóveis que pertence a sua mãe e tenta vende-los como seu.

A vítima disse ainda que de início não desconfiou de nada ilícito, pois se tratava de um advogado, inclusive havia assinado o contrato no escritório dele.

Em interrogatório na delegacia, o autor preferiu permanecer e silêncio.

Em audiência de custódia, nesta quarta-feira (5), foi solto após pagar fiança de R$ 3.636.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Brigadistas atuam na divisa com a Bolívia para fogo não chegar à Serra do Amolar
Reforço
Mais três aeronaves chegam neste sábado para fortalecer combate à incêndios no Pantanal
Público-alvo
Com doses próximas do vencimento, Ministério da Saúde amplia vacinação contra dengue
18 km de distância
Bombeiros monitoram incêndio na divisa com Mato Grosso
Destaque
Hospital Regional de Mato Grosso do Sul renova selo de Hospital Amigo da Criança
2ª noite
Concurso de Quadrilhas Juninas é atração deste sábado no Banho de São João
Tradição
Concurso premia 10 andores na primeira noite do Arraial do Banho de São João
Em Aquidauana
Pantanal Tech MS promove painéis empresariais sobre mercado da carne e nutrição animal
Trabalho que emociona
"Bombeiros são anjos", diz idoso resgatado das chamas na região do Bracinho
Tempo
Com previsão de tempo quente e seco, sábado tem sol e variação de nebulosidade em MS
Corumbá deve atingir a máxima de 34°C

Mais Lidas

2ª noite
Concurso de Quadrilhas Juninas é atração deste sábado no Banho de São João
Trabalho que emociona
"Bombeiros são anjos", diz idoso resgatado das chamas na região do Bracinho
Tradição
Concurso premia 10 andores na primeira noite do Arraial do Banho de São João
Reforço
Mais três aeronaves chegam neste sábado para fortalecer combate à incêndios no Pantanal