Menu
domingo, 07 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Acusada de matar adolescente foi ouvida e liberada pela Polícia

27 junho 2016 - 14h41Sylma Lima
Nathalya foi morta com 40 facadas. Foto: Repprodução Face Book

O caso que chocou a cidade no final da última semana, recebe mais um desdobramento. A suspeita por assassinar Nathalya Helena do Amaral, 18 anos, com 40 facadas na última sexta-feira (24), quando corpo foi encontrado abandonado na escadinha da 15 de Novembro, se entregou à Policia Civil na tarde deste domingo (26), foi ouvida e alegando tese da legitima defesa, foi liberada pelo delegado plantonista Pablo Farias. Em conversa com o Capital do Pantanal o delegado disse que a menor alegou sofrer agressão por parte da vítima, “ ela estava com ferimentos infeccionados nas mãos, porque não foi procurar atendimento médico” , explicou Pablo Farias enfatizando que vai encaminhar o processo para a Daij ( Delegacia de Atendimento a Infância e Juventude) ainda hoje para novas investigações.

Quanto ao fato da gravidade do crime e da jovem responder em liberdade ele disse que a lei determina que seja feito desta maneira, “ ela se apresentou por livre e espontânea vontade. Não há flagrante. Infelizmente ouvimos e a liberamos, mas ela vai responder pelo crime” . O delegado não quis dizer qual o próximo passo neste processo, mas adiantou que havia duas facas, entretanto não foi feito a perícia para confirmar se as digitais de Nathalya estariam na arma ou se a acusada forjou o ataque provocando ela mesma os ferimentos. Quanto isso o delegado disse que tudo será periciado.

Quanto ao fato da menor ser reincidente ele disse que as sentenças não foram transitadas em julgado. O fato que chocou a sociedade é a frieza em que o crime foi praticado e as divulgações das postagens em redes sociais afirmando que ela teria se vingado por ciúme de um ex namorado e chamando os policiais de ‘porcos’ . A assassina ainda pede curtidas para quem gostou da atitude  com mensagens do tipo : ‘ Talarico tem que morrer’ . Apesar de fugir do flagrante e alegar legitima defesa não ficou bem esclarecido porque desferiu quarenta golpes na vítima. A lei é clara quanto ao flagrante, entretanto, autoridades podem pedir a prisão preventiva da acusada, que provavelmente vai responder por homicídio qualificado.

Segundo informações obtidas pelo Capital do Pantanal, a  autora já cumpriu mais de um ano de detenção na Unei (Unidade Educacional Internação), pelo crime de roubo e por ter esfaqueado outras meninas no carnaval de 2013.

O ciúme teria sido a motivação do crime, segundo pessoas próximas a Nathalya, a suspeita iniciou relação de amizade com vítima após ter visto uma foto circulando pela rede social, onde Nathalya aparecia ao lado de seu ex-namorado, em um pagode de Ladário. Amigos de Nathalya, acreditam que o crime foi planejado, já que a suspeita teria convidado a vítima para passear no Porto durante a tarde do dia do crime. O corpo de Nathalya, moradora de Ladário, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros e reconhecido pela avó.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
CULTURA
Eleitos os representantes não governamentais para o Conselho de Cultura do município
SEGURANÇA PÚBLICA
Em MS, Senad defende proposta de agilizar leilões de bens do crime organizado
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021 prossegue com mais quatro partidas neste fim de semana
SAÚDE
Redução de testa: Dermatologista de MS explica sobre melhores formas de tratamento
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos
SAÚDE
Endometriose pode afetar 10% das mulheres brasileiras

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é preso por roubo na forma tentada no bairro Maria Leite
POLICIAL
Em Corumbá três são presos com mandado de prisão em aberto
INCÊNDIO
Consultório Odontológico pega fogo no Maria Leite
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por violência doméstica no Dom Bosco