Menu
quarta, 01 de abril de 2020
Andorinha - Medidas Preventivas Coronavírus
Geral

Passageiros do ônibus que trouxe boliviana suspeita de Covid-19 deverão cumprir isolamento domiciliar

20 março 2020 - 09h42Gesiane Sousa

Após o susto e com os ânimos acalmados, os passageiros do ônibus que trazia a boliviana com suspeita de Covid-19 terão que se manter em quarentena, cumprindo isolamento social de pelo menos sete dias em casa, até a divulgação do resultado do exame que testará positivo ou negativo para o material colhido da jovem, que segundo denúncia da Vigilância Epidemiológica da Bolívia, apresenta sintomas de febre e tosse e estava em tratamento em São Paulo.

A “captura” da jovem boliviana, que não teve a identidade nem a idade revelada, foi realizada em uma grande operação que mobilizou servidores da saúde, o próprio secretário municipal de saúde Rogério Leite, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. A informação apurada e confirmada é de que a mulher com suspeita de Coronavírus abandonou o tratamento em São Paulo e mesmo após orientação para não embarcar forçou a viagem, e seguiu em ônibus que fez parada em Campo Grande e tinha como destino final a cidade de Corumbá. A notícia foi dada em primeira mão pelo site Capital do Pantanal, em sua página no Facebook, horas após a abordagem do veículo no portal da cidade.

Passageiros que estavam no ônibus preencheram um cadastramento com dados pessoais e informações sobre as últimas pessoas que tiveram contato. Todos deverão permanecer em isolamento domiciliar por pelo menos sete dias para observar o possível surgimento de sintomas da doença. Em até 48 horas o resultado do exame da boliviana suspeita de Covid-19 deve ficar pronto e todos serão informados pela secretaria de saúde de Corumbá.

Após o colhimento do material sanguíneo da boliviana, a mulher foi levada ao país vizinho, de  modo a não permanecer em solo corumbaense, preservando os moradores da cidade, que ainda não registra nenhum caso suspeito, nem confirmado.

A empresa Andorinha, que no final da tarde desta quinta-feira, 19, divulgou condutas adotadas em prevenção ao Coronavírus lamentou o caso e acredita que a mulher tenha agido de má fé e com irresponsabilidade a vida de todos que estavam presentes no ônibus. “Orientamos que qualquer pessoa com algum sintoma do coronavírus desmarcasse a viagem e procure atendimento médico. No entanto, fomos surpreendidos por uma pessoa que agiu de má-fé com a prestação dos nossos serviços". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alívio
Pequenos empresários de MS são beneficiados com adiamento das parcelas do FCO
Em isolamento
Família haitiana autorizada a entrar no Brasil cumpre quarentena de 14 dias em Corumbá
48 casos confirmados
Três Lagoas confirma primeiro caso da Covid-19
Covid 19
Aulas seguem suspensas até maio no Estado
Geral
Consumidor poderá pagar débitos com a Energisa em até 12X
Refração
Centro-Oeste registra queda de 12,48% nas vendas por e-commerce em fevereiro
Solidariedade em Bonito
Grupo de Jipeiros une forças e doa cestas básicas para famílias carentes de Bonito
Sem colher de chá
Prazo de filiação para se candidatar em 2020 é mantido no dia 4 de abril
Covid 19
Barreiras sanitárias começam a funcionar em três municípios na divisa com SP e PR
Retorno da Imunização
Ainda insuficiente para cobrir grupo prioritário vacinação contra H1N1 é retomada em Corumbá

Mais Lidas

Oportunidade
Correios abrem inscrições para mais de 4 mil vagas de Jovem Aprendiz
Apertando o cinto
Toque de recolher passa a ser cumprido pela PM em Corumbá
Corumbá
Mãe manda prender filho usuário de drogas
Negociação
Empresários de Corumbá pedem flexibilização das medidas restritivas ao Covid-19