Menu
domingo, 21 de julho de 2019
Andorinha - Viaje para Campo Grande com a Andorinha
Mobile Andorinha
Geral

Credenciamento para profissionais de saúde segue aberto na Santa Casa de Corumbá

04 julho 2019 - 10h15Assessoria de Comunicação da Associação Beneficente de Corumbá

O Ministério Público Federal (MPF) em Corumbá (MS) recomendou à junta administrativa da Santa Casa do município que tome providências relativas à contratação e remuneração dos médicos que prestam serviços ao hospital, com base nos princípios de isonomia, transparência e legalidade, dessa forma, o hospital divulgou uma nota à respeito do credenciamento dos profissionais.

Leia na íntegra:

"Por recomendação do Ministério Público Federal, publicado no dia 6 de fevereiro do presente ano, sob a inscrição de Inquérito Civil registrado com o número 1.21.004.000192/2017-95, e para dar transparência com a administração do dinheiro público, a Junta Administrativa Interventora da Associação Beneficente de Corumbá, promove desde o dia 22 de março o credenciamento de “Pessoas Jurídicas para prestação de serviços médico/hospitalares, exames, procedimentos e serviços profissionais com atuação direta ligada a cuidados dos pacientes com serviços a serem prestados na Associação Beneficente de Corumbá, do município de Corumbá/MS” (Edital).

O credenciamento segue o rito de transparência e isonomia por intermédio de publicidade de abertura em Diário Oficial do Município de Corumbá (DIOCORUMBÁ), Diário Oficial do Estado do Mato Grosso do Sul, e por fim, mas não menos importante, no Diário Oficial da União.

De acordo com a publicação do MPF em seu terceiro parágrafo:

“A recomendação visa assegurar que a forma de contratação do corpo médico do hospital atenda à continuidade dos serviços públicos essenciais, à transparência e eficiência no controle de recursos públicos, à assiduidade dos profissionais contratados, à qualidade dos serviços prestados e à isonomia e publicidade das contratações.”

(Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul | 6 de fevereiro de 2019 às 19h25 | http://www.mpf.mp.br/ms/sala-de-imprensa/noticias-ms).

Salienta-se que este procedimento visa atender além da recomendação do Ministério Público Federal, aos princípios e normas legais, que por consequência resultará na melhor prestação dos serviços de saúde à população de Corumbá, Ladário e municípios vizinhos da Bolívia, que são assistidos pelo único hospital que atende pelo SUS nesta região.

A Junta Administrativa Interventora da Associação Beneficente de Corumbá não mede esforços para administrar o complexo de saúde de forma transparente, respeitosa e humana."

Deixe seu Comentário

Leia Também

'Adoção'
Comunidade palestina corumbaense é homenageada com denominação de praça
Tempo
Sexta-feira será de calor de 33°C e pancadas de chuva isoladas em MS
Geral
Prefeitura e equipe do Fonplata avaliam execução do projeto em Corumbá
Geral
Trotes para números de emergência colocam vidas em risco e causam prejuízos aos cofres públicos
Policial
Criança de 9 anos era estuprada e obrigada a enviar fotos nuas para amigo da família
Geral
Empossados novos membros do Conselho Municipal da Juventude de Corumbá
Geral
Incêndio em depósito clandestino de materiais recicláveis mobiliza bombeiros
Geral
Ladário Participa de Feira de Sementes Crioulas no Sul do Estado
Economia
Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira
Mistério
Piloto desaparece ao sair de Poconé (MT) para fazer serviço em Corumbá

Mais Lidas

'Adoção'
Comunidade palestina corumbaense é homenageada com denominação de praça
Tempo
Sexta-feira será de calor de 33°C e pancadas de chuva isoladas em MS
Geral
Prefeitura e equipe do Fonplata avaliam execução do projeto em Corumbá
Geral
Trotes para números de emergência colocam vidas em risco e causam prejuízos aos cofres públicos