Menu
sábado, 23 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Credenciamento para profissionais de saúde segue aberto na Santa Casa de Corumbá

04 julho 2019 - 10h15Assessoria de Comunicação da Associação Beneficente de Corumbá

O Ministério Público Federal (MPF) em Corumbá (MS) recomendou à junta administrativa da Santa Casa do município que tome providências relativas à contratação e remuneração dos médicos que prestam serviços ao hospital, com base nos princípios de isonomia, transparência e legalidade, dessa forma, o hospital divulgou uma nota à respeito do credenciamento dos profissionais.

Leia na íntegra:

"Por recomendação do Ministério Público Federal, publicado no dia 6 de fevereiro do presente ano, sob a inscrição de Inquérito Civil registrado com o número 1.21.004.000192/2017-95, e para dar transparência com a administração do dinheiro público, a Junta Administrativa Interventora da Associação Beneficente de Corumbá, promove desde o dia 22 de março o credenciamento de “Pessoas Jurídicas para prestação de serviços médico/hospitalares, exames, procedimentos e serviços profissionais com atuação direta ligada a cuidados dos pacientes com serviços a serem prestados na Associação Beneficente de Corumbá, do município de Corumbá/MS” (Edital).

O credenciamento segue o rito de transparência e isonomia por intermédio de publicidade de abertura em Diário Oficial do Município de Corumbá (DIOCORUMBÁ), Diário Oficial do Estado do Mato Grosso do Sul, e por fim, mas não menos importante, no Diário Oficial da União.

De acordo com a publicação do MPF em seu terceiro parágrafo:

“A recomendação visa assegurar que a forma de contratação do corpo médico do hospital atenda à continuidade dos serviços públicos essenciais, à transparência e eficiência no controle de recursos públicos, à assiduidade dos profissionais contratados, à qualidade dos serviços prestados e à isonomia e publicidade das contratações.”

(Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal de Mato Grosso do Sul | 6 de fevereiro de 2019 às 19h25 | http://www.mpf.mp.br/ms/sala-de-imprensa/noticias-ms).

Salienta-se que este procedimento visa atender além da recomendação do Ministério Público Federal, aos princípios e normas legais, que por consequência resultará na melhor prestação dos serviços de saúde à população de Corumbá, Ladário e municípios vizinhos da Bolívia, que são assistidos pelo único hospital que atende pelo SUS nesta região.

A Junta Administrativa Interventora da Associação Beneficente de Corumbá não mede esforços para administrar o complexo de saúde de forma transparente, respeitosa e humana."

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
GERAL
Correios celebra Dia do Carteiro e 358 anos de serviço postal
COVID-19
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
GERAL
Startup de design investe em site para vender produtos sul-mato-grossenses
GERAL
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 22 milhões
TEMPO
Sala de Situação do Imasul alerta para risco de transbordamento dos rios Miranda e Aquidauana
TEMPO
Meteorologia prevê sábado com pancadas de chuva e máxima de 33°C
GERAL
Chuva acima da média histórica desabriga famílias
SAÚDE
Em quatro dias, mais de 11 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul
COVID-19
Mais de 30 mortes por coronavírus são registradas em apenas um dia no Estado

Mais Lidas

Denúncia
Mato, esgoto estourado e lixo tomam conta de Ladário
ESQUEMA DE COMBUSTÍVEL
PRF flagra esquema de furto de combustíveis e condutor entregou óleo diesel em Corumbá
PRORROGADO TOQUE DE RECOLHER
Toque de recolher é prorrogado em Mato Grosso do Sul
POLICIAL
PM prende homem com mandado de prisão após ocorrência de furto de moto no Cristo Redentor