Menu
domingo, 25 de agosto de 2019
Câmara de Corumbá - Biometria
Mobile - Campanha Viajar Andorinha - Felicidade
Geral

Bombeiro prende médico que se recusou a receber paciente em UPA

14 setembro 2018 - 09h50Campo Grande News

Um médico de 31 anos recebeu voz de prisão do Corpo de Bombeiros após se recusar a receber uma paciente de 34 anos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário, na Avenida Guaicurus, em Campo Grande. O episódio aconteceu por volta das 23h30 de ontem (13).

Conforme boletim de ocorrência, o Corpo de Bombeiros foi acionado para transportar uma mulher que estava com a coluna travada em casa até o posto de saúde. Foi feita a regulação na central de vagas e os bombeiros foram orientados pela médica reguladora a levar a paciente até o posto do Universitário com a senha para atendimento número 1.117.

Ao chegar à unidade, os militares foram recebidos pelo médico dizendo que não iria receber ninguém pois o local estava lotado. No entanto, o sargento de 33 anos informou que havia feita a regulação e tinha a senha. O médico, então, foi consultar alguém por telefone e retornou dizendo que era para levar a paciente à UPA das Moreninhas e que o bombeiro seria comunicado pela central de regulação.

Situação que não ocorreu. O bombeiro pediu para o profissional avaliar a paciente. O que foi ignorado. O militar, então, alertou o médico que se ele não atendesse a paciente iria preso por omissão de socorro. Mas uma vez, foi negado o atendimento. Foi quando foi dada a voz de prisão.

O médico não quis acompanhar a equipe até a delegacia. Porém, a Polícia Militar foi acionada e levou o profissional para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, onde o caso foi registrado. Após a prisão, a paciente foi recebida pela equipe da unidade da Guaicurus. 

Questionada, a assessoria de imprensa da Sesau (Secretária Municipal de Saúde) informou que após ser comunicada pela Polícia Civil sobre a situação, vai abrir procedimento administrativo para verificar se houve ou não negligência ou omissão de socorro. A ordem é para que todo os pacientes sejam recebidos nas unidades de saúde. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Reeducandos trabalham na pavimentação das ruas de Aquidauana
Tempo
Sol predomina em todo MS e domingo terá máxima de 38°C
Queimadas
Sete estados já pediram apoio federal para combater incêndios
Infraestrutura
Na Câmara, vereador solicita pavimentação em vias urbanas de Corumbá
Eleições 2020
Cancelada a convenção do MDB em Corumbá
Economia
Dólar volta a subir e fecha no maior valor em três meses
vestibular
Vestibular UFMS e PASSE estão com as inscrições abertas
Geral
Com parceria do Governo Federal, Prefeitura vai ampliar iluminação pública
tempo
Sexta-feira será de tempo seco e parcialmente nublado em Corumbá
Meio Ambiente
Governo estuda enviar Exército para combater queimadas na Amazônia

Mais Lidas

Queimadas
Sete estados já pediram apoio federal para combater incêndios
Geral
Reeducandos trabalham na pavimentação das ruas de Aquidauana
Tempo
Sol predomina em todo MS e domingo terá máxima de 38°C
Geral
Reeducandos trabalham na pavimentação das ruas de Aquidauana