Menu
sexta, 20 de setembro de 2019
Câmara de Campo Grande - 120 de Campo Grande
Mobile - Campanha Viajar Andorinha - Saudade
Geral

Aldeia Guató recebe visita de parceiros para implementar capacitação de artesanato

11 setembro 2019 - 08h15Assessoria de Comunicação

No dia 6 de setembro o Instituto Homem Pantaneiro (IHP-Rede) recebeu uma comitiva do SESC – MS e da Polca Branding Design, e na ocasião o Diretor de Relações Institucionais do IHP, Angelo Rabelo com sua equipe acompanhou a comitiva até a Serra do Amolar.
Na oportunidade as equipes visitaram a Aldeia Guató, pois a visita faz parte de um projeto para implementar uma capacitação para potencializar a venda de artesanatos, já produzidos pela comunidade.

O projeto tem a finalidade de melhoria dos artesanatos locais para a venda aos turistas que visitam a Serra do Amolar, como uma forma da Aldeia tornar-se sustentável.

Durante a visita foram definidas as etapas para o aprimoramento e criação de identidade dos produtos artesanais. Na oportunidade os visitantes também conheceram a Fazenda Acurizal e a Fazenda Jatobazinho.

Para a Diretora Regional do SESC-MS, Regina Ferro essa capacitação vai implementar melhoria no artesanato produzido pelos Guatós para que possam agregar valor ao produto e gerar renda as famílias, uma vez que iniciaram inserção na rota turística da região. “Esse tipo de produção preserva a cultura indígena da aldeia, diversifica e otimiza a ocupação laboral dos índios produtores das peças, contribui para a inclusão dos produtos no mercado, além da ação estar inteiramente em harmonia com a natureza”, enfatizou.

A design Mary Saldanha da Polca ressaltou que a contribuição da empresa nesse projeto é amarrar a construção do artesanato dos Guatós. “É dar um suporte de como esse produto pode chegar no mercado e como pode atingir as pessoas. E para isso vamos fazer alguns ajustes na produção, criar famílias de produtos e levantar a história dessa produção e colocar isso de uma forma que fique atraente para o mercado”, afirmou.

A também design da Polca Paula Bueno completou que foi importante a ida até a Aldeia Guatós. “Porque constatamos que essa é uma demanda deles, eles querem fazer esse aprimoramento, entender melhor os produtos que eles produzem, essa interação que é uma questão muito importante para nós, para o SESC que assumiu esse projeto e para o IHP que tem esse cuidado com a cultura Guató”, salientou.

O projeto é uma iniciativa do Alto Pantanal, com apoio do SESC-MS e execução da Polca Branding Design, que tem o objetivo de trazer reconhecimento e renda para os Guatós.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Vereador pede melhorias na estrutura da unidade de saúde da Nova Corumbá
comunicação
Vereador volta cobrar lojas de operadoras de telefonia na cidade
Geral
Semana nacional do trânsito: vistoria veicular contribui para segurança nas vias
Policial
Polícia Militar recupera motocicleta roubada
Esporte e Lazer
Vereador reivindica área de lazer para atender comunidade do Maria Leite
Policial
Foragido chama a polícia após levar tiro e acaba preso
Geral
Sesc Corumbá recebe 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos
Acontece de 26 a 28 de setembro
Campanha
Meio Ambiente apresenta resultado da campanha “Na Sombra de uma Árvore”
Cidade
Na Câmara, vereador pede recadastramento imobiliário de Corumbá
Dia das Crianças
Dia das Crianças: concurso de frases tem inscrições abertas em Corumbá

Mais Lidas

Policial
Foragido chama a polícia após levar tiro e acaba preso
Campanha
Meio Ambiente apresenta resultado da campanha “Na Sombra de uma Árvore”
Dia das Crianças
Dia das Crianças: concurso de frases tem inscrições abertas em Corumbá
Cidade
Na Câmara, vereador pede recadastramento imobiliário de Corumbá