Menu
domingo, 21 de julho de 2019
Andorinha - Viaje para Campo Grande com a Andorinha
Mobile Andorinha
Geral

Termo de Cooperação garante Festival América do Sul e Eco Pantanal Extremo

10 julho 2019 - 08h20Prefeitura de Corumbá

Durante a visita a Corumbá, na manhã desta terça-feira, 09 de julho, o governador do Estado em exercício, Paschoal Carmelo Leandro, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), assinou Termo de Cooperação Técnica Desportiva e Cultural com a Prefeitura de Corumbá para realização dos eventos Eco Pantanal Extremo e Festival América do Sul Pantanal (FASP).

 “Estes eventos colocam Corumbá no roteiro nacional e internacional do turismo de aventura e ecológico. Proporcionam o incremento da economia do município, beneficiando diretamente a população corumbaense. Também, tornam a cidade centro de referência da cultura sul-mato-grossense”, afirmou o governador em exercício.

 A assinatura do Termo de Cooperação Técnica do Governo do Estado com a Prefeitura Municipal é, de acordo com o prefeito Marcelo Iunes, a garantia da realização dos dois eventos no município. O Eco Pantanal Extremo e o Festival América do Sul Pantanal serão realizados em novembro deste ano, a partir da segunda quinzena daquele mês. As datas exatas estão em fase de definição.

 “Esses dois grandes eventos vão fomentar nossa economia em novembro. O Eco Pantanal Extremo e o Festival América do Sul Pantanal serão realizados em novembro porque até outubro temos um bom fluxo de turistas. Depois, há redução nesse movimento em razão da piracema (fim da temporada de pesca). É uma forma de incentivarmos nosso turismo com a realização desses festivais”, disse o chefe do Executivo corumbaense. Iunes reforçou que os dois eventos são fortes geradores de emprego e renda e alavancam a economia de Corumbá.

 

Hóspede de Honra

Juntamente com o presidente da Câmara Municipal Roberto Façanha e com o deputado estadual Evander Vendramini, o prefeito Marcelo Iunes entregou o título de Hóspede de Honra para o desembargador Paschoal Carmelo Leandro, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS).

Representando a Assembleia Legislativa, o deputado Evander Vendramini, disse que a atuação do governador em exercício “honra Corumbá” e as obras entregues por ele “são emblemáticas” e “beneficiam diretamente a população de Corumbá”.

Corumbaense, o desembargador presidente do TJ assumiu na tarde da segunda-feira, 08 de julho, o comando do Estado por um dia e meio. O governador Reinaldo Azambuja, o vice, Murilo Zauith, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa, viajaram para o Paraguai, onde fecham acordos nas áreas de defesa sanitária animal e vegetal e segurança pública e questões referentes à rota bioceânica.

Depois da cerimônia de entrega, pela Sanesul, de um pacote de R$ 60,4 milhões em obras de ampliação do sistema de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em Corumbá, Carmelo Leandro reuniu-se com o prefeito Marcelo Iunes, na Prefeitura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

'Adoção'
Comunidade palestina corumbaense é homenageada com denominação de praça
Tempo
Sexta-feira será de calor de 33°C e pancadas de chuva isoladas em MS
Geral
Prefeitura e equipe do Fonplata avaliam execução do projeto em Corumbá
Geral
Trotes para números de emergência colocam vidas em risco e causam prejuízos aos cofres públicos
Policial
Criança de 9 anos era estuprada e obrigada a enviar fotos nuas para amigo da família
Geral
Empossados novos membros do Conselho Municipal da Juventude de Corumbá
Geral
Incêndio em depósito clandestino de materiais recicláveis mobiliza bombeiros
Geral
Ladário Participa de Feira de Sementes Crioulas no Sul do Estado
Economia
Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta-feira
Mistério
Piloto desaparece ao sair de Poconé (MT) para fazer serviço em Corumbá

Mais Lidas

'Adoção'
Comunidade palestina corumbaense é homenageada com denominação de praça
Tempo
Sexta-feira será de calor de 33°C e pancadas de chuva isoladas em MS
Geral
Prefeitura e equipe do Fonplata avaliam execução do projeto em Corumbá
Geral
Trotes para números de emergência colocam vidas em risco e causam prejuízos aos cofres públicos