Caminhada Cerest

MS vai sediar maior evento de turismo da América Latina

Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul16 ABR 2018 - 07h15min
O governador Reinaldo Azambuja destacou a importância desses projetos que agregam muito à profissionalização do turismo de Mato Grosso do Sul.Foto: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul será o balcão de negócios da América Latina em novembro, durante o 1º Adventure Next América Latina. O Estado competiu internacionalmente com o Chile e o Equador e ganhou como sede do próximo destino do evento que é referência em ecoturismo e turismo de aventura.

O evento foi lançado na terça-feira (10.4) pelo Governo do Estado em resultado de um ano de articulações e planejamento para a conquista da sede. A ação acontecerá de 7 a 9 de novembro em Campo Grande, com previsão de reunir 400 pessoas, que vão fazer negócios, vender seus destinos e claro, conhecer as potencialidades turísticas de Mato Grosso do Sul.

O governador Reinaldo Azambuja destacou a importância desses projetos que agregam muito à profissionalização do turismo de Mato Grosso do Sul. “Hoje o turismo representa 8,5% do PIB nacional e isso é importante para vermos que não só é uma potencialidade como nós temos um grade espaço para crescer e atrair cada vez mais turistas de todo o mundo”.

O diretor-presidente da Fundação de Turismo de MS (Fundtur-MS), Bruno Wendling, afirma que este é um momento único para o Turismo de Mato Grosso do Sul. “Para nós é um grande avanço reunir os principais e melhores operadores de turismo de aventura e ecoturismo do mundo, o que vai possibilitar a aproximação com o trade local e geração de negócios entre os nossos receptivos os operadores”, disse.

Titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, destacou que este é um trabalho articulado em parceria com o desenvolvimento do Estado. “O turismo tem potencial para ser o grande motor do desenvolvimento e isso depende de uma visão estratégica e positiva. Mas podemos sim ser um grande destino de turismo e sustentabilidade”.

Em Mato Grosso do Sul, pela primeira vez, Alexandre Nakagawa, coordenador-geral de Segmentos Turísticos da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), destacou que é interessante ver de perto o potencial do Estado que é reconhecido internacionalmente. “Este é um evento de o Brasil para promovê-los lá fora e não poderíamos ter melhor anfitrião”.

Diretora da Adventure Travel Trade Association (ATTA), Gabriella Stowell, destacou que Mato Grosso do Sul será a porta de entrada do Turismo de toda a América Latina nesses dias e a conquista se deve à combinação de fatos que levaram à escolha do Estado. “Elementos da natureza, cultura, segurança foram fatores principais em que o Estado teve alta pontuação e ganhou”.

Deixe seu comentário

Leia Também

Modernização

Governo inicia implantação de sistema para integrar almoxarifados

Geral

Procon e Oi discutem melhorias no serviço de internet e telefonia

Policial

Adolescentes são apreendidas portando arma de fogo

Policial

Homem é preso por mostrar genitália em público

Meio Ambiente

Projeto de sensibilização turística é apresentado no Fórum do Pantanal

Imprudência

Irlandês perde parte da perna e fratura ossos em acidente na BR 262

Educação

Corumbá adere ao programa Parceria Votorantim pela Educação