Menu
domingo, 23 de fevereiro de 2020
Andorinha - Horários Economicos
Andorinha - Horários Econômicos
Geral

Indústria de MS já soma 123,1 mil trabalhadores com carteira assinada

09 setembro 2019 - 09h39FIEMS

O setor industrial de Mato Grosso do Sul, que é composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, já abriu, no período de janeiro a julho deste ano, 2.119 novos postos de trabalho, o que eleva para 123.146 o número de trabalhadores empregados com carteira assinada na indústria até o momento, conforme aponta levantamento realizado pelo Radar Industrial da Fiems. De acordo com os dados disponibilizados, o saldo positivo obtido no período de sete meses deste ano é resultado de 35.914 contratações e 33.795 demissões.

Na avaliação do presidente da Fiems, Sérgio Longen, os números positivos têm de ser comemorados todas as vezes em que são alcançados. “Cada vez mais, a indústria de Mato Grosso do Sul tem apresentado bons indicadores, consolidando a evolução do setor no Estado. As projeções feitas no fim do ano passado já demonstravam que teríamos um desempenho melhor em 2019 e os dados apresentados pela geração de empregos, faturamento e indicadores de otimismo dos empresários industriais confirmam isso”, analisou.

Ele acrescenta que o fato de o setor ter superado mais de 2,1 mil novos postos de trabalho de janeiro a julho deste ano é extremamente positivo para a economia sul-mato-grossense. “Esses números já podem ser considerados os primeiros sinais de recuperação do setor. O bom desempenho confirma a previsão de que neste 2º semestre as coisas deveriam melhorar ainda mais para o setor industrial do Estado”, pontuou.

Os dados

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, o saldo positivo dos primeiros sete meses deste ano pode ser creditado às indústrias de alimentos e bebidas (+822), da construção (+700), química (+378), do papel, papelão, editorial e gráfica (+277), extrativa mineral (+112) e metalúrgica (+86). “Somente no mês de julho, registramos a abertura de 149 postos de trabalho na indústria estadual, que é resultado de 4.807 contratações e 4.658 demissões. Os maiores saldos no mês foram nas indústrias de alimentos e bebidas (+276), da construção (+92), extrativa mineral (+52), do papel, papelão, editorial e gráfica (+46) e de calçados (+43)”, informou.

Já nos últimos 12 meses foram abertos 944 postos de trabalho na indústria estadual, que são resultado de 57.528 contratações e 56.584 demissões, tendo como maiores saldos as indústrias de alimentos e bebidas (+1.568), de papel, papelão, editorial e gráfica (+241), metalúrgica (+141) e extrativa mineral (+111). “Com esses números, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou julho de 2019 com 123.146 trabalhadores empregados, indicando elevação de 0,2% em relação ao mês anterior, quando o contingente ficou em 122.945 funcionários. Atualmente a atividade industrial responde por 18,9% de todo o emprego formal existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás dos setores de serviços (195.578), administração pública (133.910) e comércio (128.043)”, comparou.

O economista relata que de janeiro a julho 118 atividades industriais apresentaram saldo positivo de contratação, proporcionando a abertura de 3.911 vagas, com destaque para abate de suínos, aves e outros pequenos animais (+474), fabricação de álcool (+457), fabricação de celulose e outras pastas para a fabricação de papel (+298), serviços especializados para construção (+224) e fabricação de açúcar em bruto (+187). Em relação aos municípios, constata-se que em 44 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação com destaque para Campo Grande (+551), Naviraí (+350), Itaquiraí (+247), Maracaju (+203), Coxim (+171), Sidrolândia (+156), Chapadão do Sul (+114), Aparecida do Taboado (+109), Paraíso das Águas (+86), Nova Andradina (+74), Eldorado (+72), Corumbá (+67), Dourados (+65), Angélica (+55), Terenos (+53), Anastácio (+50) e Ribas do Rio Pardo (+40).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois são presos armados com faca no circuito do carnaval
Um dos presos estava na avenida General Rondon, principal via para desfiles de blocos e escolas de samba
Polícia
Menor é preso por furto de chinelos em Atacadista de Corumbá
Cibalenando na folia
Cibalena invade ruas do centro com 30 mil foliões
Alerta
Alvo de ladrões, pesquisa mostra gasolina a quase R$5 em Campo Grande
Desdobramentos
Identificados 10 presos em operação sobre morte de jornalista na fronteira
Serviço
Repartições públicas de Corumbá terão ponto facultativo na segunda de Carnaval e quarta de cinzas
Folia com segurança
Vai levar os filhos para pular o Carnaval? Lembre-se da identificação e outros cuidados
Responsabilidade
Vigilância sanitária fiscaliza comerciantes e ambulantes durante o Carnaval
Carnaval 2020
Marquês de Sapucaí conta a história de Corumbá em seus 241 anos
Carnaval 2020
Vila Mamona faz reedição de samba e relembra sua 1ª vitória

Mais Lidas

Homicídio
Bombeiros resgatam esfaqueado e levam autor detido para Delegacia
Polícia
Menor é preso por furto de chinelos em Atacadista de Corumbá
Flagrante
Dois são presos armados com faca no circuito do carnaval
Cibalenando na folia
Cibalena invade ruas do centro com 30 mil foliões