Andorinha

Comparativo anual da PM mostra aumento em apreensões de armas, drogas e recuperação de veículos

Por Gesiane Medeiros11 OUT 2017 - 09h50min

A Polícia Militar em Mato Grosso do Sul comemora resultados positivos no comparativo das estatísticas entre os meses de janeiro à setembro dos anos de 2016 e 2017. Este ano, os casos de homicídios qualificados como dolosos, atendidos pela Polícia Militar, reduziram em 4,8%, comparados com o mesmo período do ano passado.

Para a corporação, a intensificação das atividades e as ações proativas são responsáveis por boa parte dos resultados satisfatórios. As abordagens a pessoas aumentaram nos meses de janeiro a setembro em comparação ao ano passado (2,4% a mais), como também o número de veículos averiguados durante as operações e policiamentos ordinários (6,9% a mais).

Em setembro deste ano, cinco espigardas foram apreendidas em casa do Assentamento Tamarineiro, em Corumbá. Foto: Divulgação/PM 

Apreensões de armas de fogo pela PM

Foram apreendidas no mesmo período do ano passado 762 armas de fogo em ações da Polícia Militar em Mato Grosso do Sul. Já em 2017, policiais militares em todo estado chegaram ao número de 781 armas de fogo apreendidas entre os meses de janeiro a setembro.

A PM de Corumbá tem recuperado motos e carros com rapidez. Foto: Divulgação/PM

Veículos, produtos de roubo ou furto, recuperados pela Polícia Militar

Em relação a recuperação de veículos produtos de roubo ou furto, entre o período de janeiro e setembro deste ano o número acumulado é de 1.869, uma média de 207,6 veículos por mês.

Apreensões de drogas pela PMMS

Outro destaque nas estatísticas é para os números de apreensões de drogas: mais de 107 toneladas foram apreendidas de janeiro a setembro de 2016 e, neste ano, no mesmo período, a Polícia Militar alcançou o número de 115,4 toneladas de drogas apreendidas.

O comandante-geral da PMMS, coronel PM Waldir Ribeiro Acosta ressaltou que “os números traduzem o compromisso de cada policial militar com esta sociedade. As apreensões de armas e drogas demonstram que, mesmo colocando em risco a própria vida, os profissionais da Polícia Militar têm obtido êxito na redução de homicídios, no trabalho preventivo e no combate ao crime”.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Economia

Emprego temporário de fim de ano é oportunidade de contrato definitivo

Economia

Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

Direito

Justiça concede custeio para tratamento de crianças com fissura labiopalatal

Código Florestal

Curso aborda usos de espécies do Pantanal e Cerrado para a recuperação ambiental

Emprego

Governo divulga lista dos selecionados para atuar no Instituto de Identificação

Destaque

Rede Estadual representa MS em quatro categorias do Prêmio Professores do Brasil

Presidência

Michel Temer visita Pantanal para participar do II Encontro Carta Caiman