Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Voluntário fica doente e teste de vacina da covid em MS é suspenso

13 outubro 2020 - 16h01Gabriel Neris, Campo Grande News

A Johnson & Johnson’s anunciou que o estudo com a vacina contra a covid-19 foi paralisado depois que um voluntário apresentou “doença inexplicada”. O teste é o mesmo que será realizado em Mato Grosso do Sul.

De acordo com documento encaminhado para os pesquisadores, que testam 60 mil pacientes, uma “pausa regulamentar” será cumprida.

Em comunicado, a Johnson & Johnson’s afirma que “eventos adversos - doenças, acidentes etc - mesmo aqueles graves, são uma parte esperada de qualquer estudo clínico, especialmente grandes estudos”.

Também aponta que a doença do paciente está sendo “analisada e avaliada pelo Conselho de Monitoramento de Segurança de Dados independente, bem como por nossos médicos clínicos e de segurança internos”.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, disse que vai aguardar novas informações da companhia para saber qual será o efeito imediato dos testes em Mato Grosso do Sul.

“Vamos esperar. É um caso só, logicamente que uma pesquisa tão série tem que verificar a reação para poder prosseguir ou não. Nós teremos 15 dias para ter uma definição exata sobre. Como é um laboratório de renome internacional, o critério nessas pesquisas é rigoroso, vamos esperar a manifestação”.

A imunização foi desenvolvida pela farmacêutica Janssen Pharmaceuticals, integrante do grupo J&J. A imunização foi a quarta a obter autorização de testes de fase 3 no Brasil, em agosto.

Em setembro, a empresa anunciou que começaria a terceira etapa em todo o mundo, com 60 mil voluntários. No Brasil, segundo a Anvisa, são 7 mil participantes. As vacinas que serão testadas em Mato Grosso do Sul, cerca de 2 mil, já estão em São Paulo.

“Vamos esperar. É um caso só, logicamente que uma pesquisa tão série tem que verificar a reação para poder prosseguir ou não. Nós teremos 15 dias para ter uma definição exata sobre. Como é um laboratório de renome internacional, o critério nessas pesquisas é rigoroso, vamos esperar a manifestação”.

A imunização foi desenvolvida pela farmacêutica Janssen Pharmaceuticals, integrante do grupo J&J. A imunização foi a quarta a obter autorização de testes de fase 3 no Brasil, em agosto.

Em setembro, a empresa anunciou que começaria a terceira etapa em todo o mundo, com 60 mil voluntários. No Brasil, segundo a Anvisa, são 7 mil participantes. As vacinas que serão testadas em Mato Grosso do Sul, cerca de 2 mil, já estão em São Paulo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida