Menu
terça, 21 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Vereadora pede limpeza do Ernesto Sassida para evitar focos da dengue

17 fevereiro 2021 - 11h03ASCOM Câmara Municipal de Corumbá

Com o constante aumento do número de notificações e casos de dengue na cidade, a vereadora Raquel Bryk está reivindicando junto à Prefeitura, a realização de serviços de limpeza no Bairro Padre Ernesto Sassida, um dos mais populosos da cidade. O pedido foi direcionado ao secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Luiz Fernando Moreira.

Conforme ela, é preciso que seja feito um mutirão na região, com roçada de mato, remoção de lixo e de entulho, eliminando surgimento de depósitos que podem servir de criadouros para o mosquito Aedes aegypti.

“Com o período das chuvas, o mato alto e o acúmulo de lixo se tornam potenciais focos de procriação do mosquito transmissor da dengue e de outras doenças graves. Por isso é necessária a limpeza, roçada e remoção de todo o lixo e entulho do bairro”, citou.

Rede de esgoto

Ao mesmo tempo, Raquel solicitou ao secretário de Infraestrutura, bem como ao diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Jr, que seja feita a ligação da rede de esgoto na Rua Major Gama, na altura da Avenida Porto Carreiro e da Duque de Caxias.

“Parte da Major Gama conta com ligação de rede de esgoto e outra não. Isso tem causado problemas aos moradores que sofrem com o sistema antigo existente no local. São manilhas instaladas há décadas que entopem e, no período das chuvas, a água com dejetos retornam para as residências, causando sujeira e mau cheiro. Com as obras de drenagem executadas na região, o problema se agravou. Esse é um pedido antigo dos moradores”, comentou.

Unidade de Saúde

Em outra solicitação, dessa vez direcionada ao secretário de Saúde, Rogério dos Santos Leite, a vereador pediu que seja feita uma avaliação sobre a necessidade da mudança da Unidade de Atendimento de Saúde do Assentamento Taquaral, que hoje funciona no Tamarineiro II - Sul, para o Centro Múltiplo do Taquaral.

Ela explicou que os moradores encontram dificuldades para se locomover ate a unidade, que fica distante do assentamento, cerca de 30 quilômetros do local onde deveria funcionar, criando dificuldade para a comunidade ter acesso aos serviços de saúde.

Por fim, Raquel Bryk fez uma indicação direcionada ao diretor-presidente da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), Lucio André Messias de Barros, solicitando a instalação de redutores de velocidade na Rua Theodomiro Serra, entre as ruas Tiradentes e Oriental, como forma de evitar que os veículos trafeguem em alta velocidade, provocando acidentes e colocando vida de pedestres em risco. A vereadora lembra que no trecho já ocorreram acidentes com vítimas fatais.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Brasil quer atrair mais investimentos privados, diz presidente na ONU
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Mudança no prazo
Saúde mantém vacinação para adolescentes em MS
Dados Estatísticos
Índices de criminalidade apresentam queda em Mato Grosso do Sul
Limpeza
Nos dias 22 e 23 tem ação de combate à dengue no bairro Cravo Vermelho
Evento Virtual
Semana Temática do Empreendedorismo acontece nos dias 28, 29 e 30 de setembro
Crime
Concen pede ação da Polícia Civil no combate ao furto de fios de energia em MS
Maratona
Prorrogadas inscrições para o Hackathon IFMS
Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento

Mais Lidas

Denúncia
Bar é fechado e proprietário é multado em R$ 5 mil por poluição sonora
Fronteira
Mulher presa com "cinturão de cocaína" receberia R$ 1.500 pela travessia
Oportunidade
Senac Corumbá abre inscrições para cursos na área da saúde
Tempo
Primavera terá La Niña de fraca intensidade, chuvas abaixo da média e muito calor