Menu
quinta, 21 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Vereador e filha de governador são executados na fronteira do Brasil com Paraguai

09 outubro 2021 - 14h28G1 MS

Cinco pessoas foram executadas em menos de 24 horas na região de fronteira entre Brasil e Paraguai. Entre as vítimas está Farid Charbell Badaoui Afif, de 37 anos, vereador de Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense vizinha à paraguaia Pedro Juan Caballero, e Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, filha do governador do estado de Amambai, Ronald Acevedo. 

As polícias brasileira e paraguaia investigam os assassinatos e se há relação entre eles. 

Vereador foi morto enquanto andava de bicicleta. Foto: Divulgação

O primeiro a ser morto foi o vereador, que havia sido eleito pelo DEM. Ele foi executado na tarde dessa sexta-feira (08), quando andava de bicicleta. Poucas horas antes, publicou um vídeo nas redes sociais falando que passaria com o veículo em algumas repartições. 

De acordo com a Polícia Civil, os tiros que atingiram o vereador foram disparados por uma pessoa que estava em uma motocicleta. No local foram recolhidos quatro munições de calibre ponto 45 e pelo menos um acertou o parlamentar, que morreu no local. 

Os policiais recolheram equipamentos de gravação de imagens para análise do que foi capturado em relação à execução. 

Pedro Juan Caballero 

Conforme a polícia paraguaia, as quatro pessoas mortas no início da manhã deste sábado foram atingidas por tiros quando saíam de uma casa noturna. Elas estavam em um veículo de placas do Paraguai e os atiradores, em uma caminhonete. 

Os suspeitos desceram da caminhonete, se aproximaram do veículo da vítima, atiraram e fugiram. Todos os baleados morreram no local. 

Haylee Carolina, filha do governador de Amambai, foi atingida com seis tiros. Foto: Redes Sociais

Foram mortos em Pedro Juan os paraguaios: 

  • Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos. Filha do governador de Amambai, Ronald Acevedo, ela foi atingida por seis tiros. 
  • Omar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos. Conhecido como "Bebeto", foi atingido por 31 tiros. 

E também as brasileiras: 

  • Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos. Natural de Dourados, foi morta com 14 tiros e 
  • Rhamye Jamilly Borges de Oliveira, de 18 anos, morta com 10 tiros. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região Central
PM prender autor de furto e recupera objetos
Outubro Rosa
Bia Cavassa faz doação em apoio a campanha Lenço Solidário
Colônia do Bracinho
Pantaneiro denuncia construção de barragem no Rio Taquari
11.817 mil testes analisados
Estudo da Janssen na região de fronteira mostra eficácia de 50% da vacina e redução de 90% em óbitos
Oportunidade
Inscrições abertas para concurso público de procurador do Estado, com salário de R$ 25 mil
Agenda Política
Presidente Regional do Democracia Cristã visita cidades do interior de MS
Retomada da Economia
Setor de bares e restaurantes aumenta as contratações e retoma movimento
246 quilos de cocaína
Dracco assume investigação da queda do helicóptero do tráfico em Ponta Porã
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nesta quinta e sexta

Mais Lidas

Qualificação
Ministério da Educação anuncia formação para professores da educação infantil
Previsão Meteorológica
Tempo fica firme, mas nova frente fria promete mais chuva para o final de semana
Acidente de Trânsito
Mulher sofre fratura na perna em queda acidental de moto
Destaque
Vereador pede fim do toque de recolher e do uso de máscara em ambientes abertos