Menu
domingo, 25 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Vereador cobra recuperação de trecho da BR 262, até a fronteira com a Bolívia

15 junho 2021 - 10h14ASCOM

A recuperação do trecho da BR 262 entre a Base da Polícia Rodoviária Federal e o Posto de Fiscalização da Receita Federal (Posto Esdras), é o que está pleiteando o vereador Ubiratan Canhete de Campos Filho (Bira), para melhorar as condições de trafegabilidade, evitando inclusive acidentes.

A solicitação do vereador foi feita por meio de indicação dirigida ao superintendente Regional do DNIT no Mato Grosso do Sul, Euro Nunes Varanis Junior. Bira explicou que o trecho está em condições precárias de tráfego, com pavimento desgastado, e que é preciso ser feita a sua recuperação.

“É uma rodovia com grande circulação de veículos por conta da fronteira com a Bolívia. Nas condições em que se encontra, os riscos de acidentes, inclusive de grandes proporções, são enormes”, reforçou.

PAVIMENTO

O vereador solicitou também a recuperação do pavimento asfáltico da Rua Rio Grande do Sul, entre a Alameda Piratininga e a Rua 15 de Novembro, no Bairro Cristo Redentor, que apresenta buraco de enorme proporção, com tendência a aumentar.

IMUNIZAÇÃO

Por outro lado, Bira reforçou na sessão desta segunda-feira, 14, a necessidade da adoção de medidas necessárias para viabilizar a logística para vacinação contra a Covid-19 da comunidade pantaneira do Taquari. O pedido foi feito aos secretários Rogério dos Santos Leite, de Saúde, e Amanda Balanciere Iunes, de Assistência Social e Cidadania, pasta responsável pelo Programa Povo das Águas.

“Corumbá vem executando o Plano Nacional de Vacinação de forma satisfatória dentro das possibilidades apresentadas neste cenário de pandemia, servindo inclusive de exemplo no que diz respeito ao avanço das faixas etárias aptas a tomar a vacina. Entretanto, pela extensão territorial peculiar de quem abriga 2/3 da planície pantaneira, há, naturalmente, a dificuldade de se levar a vacina aos pontos mais remotos da região pantaneira”, lembrou.

Citou que, nesse caso, o Programa Povo das Águas vem sendo de fundamental importância às comunidades ribeirinhas e pantaneiras, no que se refere à logística para aplicação das vacinas. “Ocorre que o Rio Taquari se encontra assoreado, impedindo que as embarcações do Povo das Águas cheguem até sua comunidade. Por isso mesmo estamos pedindo às autoridades do executivo municipal, a adoção de medidas que possibilite a vacinação daquela comunidade que vive em um dos lugares mais remotos do nosso Pantanal, inclusive acionando as esferas federais de governo, do próprio Exército, se necessário, para dar apoio a esta difícil logística”, completou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo