Menu
quinta, 28 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Vereador cobra Energisa por práticas abusivas dentro da cidade de Corumbá

26 agosto 2021 - 09h32Ascom Câmara de Corumbá

Uma cobrança exorbitante de cerca de R$ 16.000,00 por suposta diferença de consumo de energia, levou o vereador Alexandre Vasconcellos a fazer uma série de questionamento junto à Empresa de Energia Elétrica no Mato Grosso do Sul (Energisa), bem como reforçar a necessidade de Corumbá integrar a CPI da Energisa na Assembleia Legislativa, e até mesmo entrar com um pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara, para investigar práticas abusivas na cidade. 

Além de apresentar dois requerimento relacionados à empresa, na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores na noite de ontem, terça-feira, 24 de agosto, Alexandre fez uso da palavra livre e relatou fatos ocorridos na cidade, causando transtornos a consumidores corumbaenses. 

“A Energisa vem fazendo uso de práticas que ferem o direito do consumidor. Em um espaço de 15 dias, recebi reclamações de consumidores sobre a emissão de faturas de energia emitidas pela Energisa, com valores altíssimos, por suposta diferença de consumo. O segundo me procurou foi hoje (terça-feira), muito nervoso e me relatou toda a situação”, comentou. 

Alexandre explicou que, nesses casos, a empresa tem ido nas residências dos consumidores realizar averiguação externa sem qualquer comunicação prévia ao morador e, ao terminar, somente entrega a notificação de multa. “Bateu na porta e entregou a notificação com uma multa altíssima, alegando irregularidades no medidor” Porém, a responsabilidade de manter o relógio medidor funcionando adequadamente, é da Energisa”, ressaltou. 

Lembrou ainda que, caso o consumidor esteja cometendo um crime, furtando energia, a empresa deve ir até a polícia e agir de maneira correta e não simplesmente emitir fatura por suposta diferença de consumo. “É o caso de hoje, o segundo em um espaço de 15 dias”, lamentou. 

Cobrança 

Por isso mesmo, na sessão de ontem, Alexandre apresentou requerimento endereçado ao diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhares Monteiro, questionando a quantidade de multas aplicadas por supostas irregularidades nos medidores de energia de consumidores; quantas diferenças de consumo por supostas inconsistências nos medidores no período de janeiro de 2020 até a presente data, o total de notificações referentes às multas e diferenças de consumo, e quantos recursos foram interpostos pelos consumidores e quantos tiveram seu recurso provido. 

Ao mesmo tempo, pediu ao diretor da Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, Vital Gonçalves Miguéis, a abertura de Processo Administrativo contra a Energisa, para apuração dos abusos que estão sendo praticados em cobranças de multas de supostas irregularidades nos medidores de energia de consumidores corumbaenses. 

“Espero que a empresa respeite esta Casa de Leis e envie toda a documentação solicitada”, cobrou, lembrando o fato de, na semana passada, ter solicitado à Comissão da CPI da Energisa na Assembleia, a inclusão de Corumbá no processo, estudando ainda a possibilidade de, como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor desta Casa de Leis, a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o serviço prestado pela Energisa na cidade”, completou. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sexta e Sábado
Bairros Cervejaria e Guatós recebem mutirão da dengue
Consumidor
Carne bovina deve ficar mais barata com suspensão das exportações para a China
Alerta
Aneel inicia processo para reajuste e Energisa pode cobrar R$ 463 milhões de consumidores em MS
Apoio
Bia Cavassa destina R$ 150 mil para projeto direcionado a população LGBTQIA+ de MS
Ronda Policial
Evadido é capturado com trouxinhas de pasta base no bairro Aeroporto
Últimos dias de Pesca Aberta
Operação Dia de Finados da PMA intensifica fiscalização à pesca predatória
Bombeiros
Queda de árvore danifica muro e telhado de casa no bairro Universitário
Segurança
Vereador busca informações sobre condições atuais do Arthur Marinho
Reconhecimento
Câmara de Corumbá homenageia servidores públicos pelo seu dia
Operação Hefesto
Novos focos de incêndio são identificados em pelo menos três regiões

Mais Lidas

Qualificação
Senac Corumbá abre inscrições para cursos nas áreas da informática, saúde e beleza
Apelo Popular
MPT-MS vai investigar assédio moral de gerente que humilha funcionário em Carrefour da Capital
Inicio do Defeso
Última semana para pesca nos rios de Mato Grosso do Sul
Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo