Menu
domingo, 24 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

UFGD cumpre cronograma e reforma e obras novas

29 janeiro 2021 - 08h48ASCOM UFGD

As aulas presenciais na Universidade Federal da Grande Dourados estão suspensas devido a Emergência de Saúde Pública que vivenciamos, no entanto, a UFGD não parou suas atividades, cumprindo o cronograma de reformas e obras novas, sem atrasos. Prova disso são as sete edificações que foram finalizadas e inauguradas no final do ano passado. O dia a dia da universidade também está dentro da normalidade com servidores desempenhando seu trabalho em prol do Restaurante Universitário, para que tão logo retomem as aulas presenciais, alunos e servidores possam usufruir das novas instalações, com espaço mais adequado, seguro e confortável para todos.

 Esclarecimento

Com o fechamento do RU, por conta da pandemia da covid-19, Reitoria, Prefeitura Universitária (PU) e Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (PROAE) iniciaram, em abril de 2020, a as primeiras ações para a reforma da cozinha e depósitos, desde planejamento, confecção de projetos e planilhas orçamentárias até a execução.

“Equipe técnica, fiscais, gestores de contrato, equipes da Divisão de Manutenção e Prefeitura Universitária, não mediram esforços e encararam o desafio de fazer a manutenção da cozinha e seus depósitos no RU, mesmo em período de pandemia”, disse o Pró-Reitor de Assuntos Comunitários e Estudantis, Mário Sérgio Vaz, que disponibilizou a descrição das fases da manutenção da cozinha e seus depósitos no RU, conforme o que segue:

Inicialmente, o serviço de manutenção a ser realizado na cozinha e seus depósitos no RU eram desentupimento da rede de esgoto (obstruções recorrentes); aplicação de revestimentos cerâmicos visando atender normas sanitárias vigentes; e adequações de instalações elétricas e instalação de circuitos para atender novos equipamentos. Importante destacar que estas manutenções só poderiam ser realizadas com o restaurante FECHADO.

Entretanto, com a demolição de parte do piso (visando economia de recursos) para resolver as obstruções, além dos problemas no esgoto, foram detectados outros relacionados à instalação de gases, o que implicou na remoção completa das tubulações e também do piso granilite da cozinha. Em meio à execução desta primeira etapa, foram propostas outras adequações, contemplando troca de bancadas e grelhas existentes, para novas em inox (exigência das normas sanitárias ANVISA RDC 216/04 e RDC 275/02).

Cabe destacar que, ao longo destes 10 meses de manutenção, houve grandes dificuldades com a aquisição de materiais, pois a pandemia da covid-19 prejudicou a logística e alterou significativamente os preços de mercado e a disponibilidade de profissionais a serem contratados pela terceirizada. Estas dificuldades foram relatadas pela contratada no ofício 178/2020, após as notificações de número 15 e 16 terem sido emitidas pela equipe de gestão e fiscalização. Neste período, a equipe acompanhou paulatinamente a execução do projeto visando manter a regularidade de rito legal.

Outros serviços que também estão contemplados no escopo completo (em fase final de implantação): instalação de torneiras de acionamento não manual, visando adequação à norma sanitária vigente; instalação de chuveiro lava olhos (solicitado pelo IMAM) e instalação de medidor de energia.

Importante destacar que o projeto original (antigo) foi concebido no padrão de normas vigentes à época, da mesma forma que tais adequações estão sendo executadas para atender as normas atuais.

Transparência

Foram empregados recursos provenientes do contrato 32/2019 - Processo nº 23005.015568/2019-07. A readequação dos sistemas de gases implicou na necessidade de novo projeto, que foi realizado dentro das normas vigentes. Informamos também, que durante a colocação do novo piso na cozinha, os móveis foram alocados no salão do refeitório. Ao final das atividades, a limpeza pós-manutenção da obra é executada.

Descritivo do escopo completo da manutenção:

OS 39: R$164.003,31 - revestimentos cerâmicos e esgoto
OS 51: R$ 87.004,30 - pias, grelhas e bancadas de inox
OS 54: R$20.981,64 - testes de estanqueidade e adequações nas tubulações de gases
OS 39: R$ 20.999,16 - pinturas
OS 42: R$47.585,86 - adequação quadros elétricos
OS 52: R$6.587,41 - instalação dos circuitos dos fornos
OS 76: R$ 22.311,33 - substituição de circuitos - condutores
OS 111: R$ 34.869,72 - substituição de disjuntores e iluminação

Total custeio da manutenção: R$ 404.342,73

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois turistas são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória no rio Miranda
Alerta
Últimos dias para inscrições em editais da Funarte
Imunização
Quem pode se vacinar contra Covid neste fim de semana
1 hora a menos
Agepan defende o retorno do horário de verão para economia de energia em MS
74 vagas
Concurso público da Sanesul recebe inscrições até 11 de novembro
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19
Orientação
O que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
CNH MS Social
Programa de habilitação gratuita já tramita na Assembleia Legislativa
Tempo
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Precaução
Tradicional Procissão Fluvial é cancelada devido previsão de mal tempo

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19