Menu
domingo, 25 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

UFGD cumpre cronograma e reforma e obras novas

29 janeiro 2021 - 08h48ASCOM UFGD

As aulas presenciais na Universidade Federal da Grande Dourados estão suspensas devido a Emergência de Saúde Pública que vivenciamos, no entanto, a UFGD não parou suas atividades, cumprindo o cronograma de reformas e obras novas, sem atrasos. Prova disso são as sete edificações que foram finalizadas e inauguradas no final do ano passado. O dia a dia da universidade também está dentro da normalidade com servidores desempenhando seu trabalho em prol do Restaurante Universitário, para que tão logo retomem as aulas presenciais, alunos e servidores possam usufruir das novas instalações, com espaço mais adequado, seguro e confortável para todos.

 Esclarecimento

Com o fechamento do RU, por conta da pandemia da covid-19, Reitoria, Prefeitura Universitária (PU) e Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (PROAE) iniciaram, em abril de 2020, a as primeiras ações para a reforma da cozinha e depósitos, desde planejamento, confecção de projetos e planilhas orçamentárias até a execução.

“Equipe técnica, fiscais, gestores de contrato, equipes da Divisão de Manutenção e Prefeitura Universitária, não mediram esforços e encararam o desafio de fazer a manutenção da cozinha e seus depósitos no RU, mesmo em período de pandemia”, disse o Pró-Reitor de Assuntos Comunitários e Estudantis, Mário Sérgio Vaz, que disponibilizou a descrição das fases da manutenção da cozinha e seus depósitos no RU, conforme o que segue:

Inicialmente, o serviço de manutenção a ser realizado na cozinha e seus depósitos no RU eram desentupimento da rede de esgoto (obstruções recorrentes); aplicação de revestimentos cerâmicos visando atender normas sanitárias vigentes; e adequações de instalações elétricas e instalação de circuitos para atender novos equipamentos. Importante destacar que estas manutenções só poderiam ser realizadas com o restaurante FECHADO.

Entretanto, com a demolição de parte do piso (visando economia de recursos) para resolver as obstruções, além dos problemas no esgoto, foram detectados outros relacionados à instalação de gases, o que implicou na remoção completa das tubulações e também do piso granilite da cozinha. Em meio à execução desta primeira etapa, foram propostas outras adequações, contemplando troca de bancadas e grelhas existentes, para novas em inox (exigência das normas sanitárias ANVISA RDC 216/04 e RDC 275/02).

Cabe destacar que, ao longo destes 10 meses de manutenção, houve grandes dificuldades com a aquisição de materiais, pois a pandemia da covid-19 prejudicou a logística e alterou significativamente os preços de mercado e a disponibilidade de profissionais a serem contratados pela terceirizada. Estas dificuldades foram relatadas pela contratada no ofício 178/2020, após as notificações de número 15 e 16 terem sido emitidas pela equipe de gestão e fiscalização. Neste período, a equipe acompanhou paulatinamente a execução do projeto visando manter a regularidade de rito legal.

Outros serviços que também estão contemplados no escopo completo (em fase final de implantação): instalação de torneiras de acionamento não manual, visando adequação à norma sanitária vigente; instalação de chuveiro lava olhos (solicitado pelo IMAM) e instalação de medidor de energia.

Importante destacar que o projeto original (antigo) foi concebido no padrão de normas vigentes à época, da mesma forma que tais adequações estão sendo executadas para atender as normas atuais.

Transparência

Foram empregados recursos provenientes do contrato 32/2019 - Processo nº 23005.015568/2019-07. A readequação dos sistemas de gases implicou na necessidade de novo projeto, que foi realizado dentro das normas vigentes. Informamos também, que durante a colocação do novo piso na cozinha, os móveis foram alocados no salão do refeitório. Ao final das atividades, a limpeza pós-manutenção da obra é executada.

Descritivo do escopo completo da manutenção:

OS 39: R$164.003,31 - revestimentos cerâmicos e esgoto
OS 51: R$ 87.004,30 - pias, grelhas e bancadas de inox
OS 54: R$20.981,64 - testes de estanqueidade e adequações nas tubulações de gases
OS 39: R$ 20.999,16 - pinturas
OS 42: R$47.585,86 - adequação quadros elétricos
OS 52: R$6.587,41 - instalação dos circuitos dos fornos
OS 76: R$ 22.311,33 - substituição de circuitos - condutores
OS 111: R$ 34.869,72 - substituição de disjuntores e iluminação

Total custeio da manutenção: R$ 404.342,73

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo