Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Turistas resgatam militares do Exército naufragados no Pantanal

07 setembro 2020 - 10h00Gesiane Sousa com informações do G1MS

O acidente envolvendo seis militares do Exército ocorreu neste domingo (6) por volta das 8h na região da Baía Gaíva, próximo ao Marco Norte de Gaiva, área de pantanal de Corumbá. Segundo informações do Exército, os militares estavam em missão do plano de emprego do Pelotão Pelotão Especial de Fronteira de Porto Índio PEF PI, de Reconhecimento da Fazenda Gaiva e Fazenda Acorizal e acesso a Serra do amolar. A embarcação militar, Baia Vermelha 115HP, virou devido as ondas na Baia Gaiva e os militares ficaram a deriva por pelo menos 4 horas, até que turistas os resgataram.

Segundo noticiado pelo site G1 Notícias, um desses turistas, o advogado Marco Aurélio de Oliveira Rocha, contou que ele e amigos estavam no local pescando quando viram objetos na água. Depois viram três militares boiando, todos com coletes. Um deles apresentava sinais de hipotermia, com movimentos restritos.

Ele explicou que dois barcos de turismo com pescadores ajudaram no resgate. Todos os pescadores foram para um mesmo barco, que foi levado pelo guia de volta ao barco hotel.

Enquanto isso, no outro barco outro guia ficou com os três militares resgatados e foi em busca dos outros três que ainda estavam na água. Todos os militares foram encontrados e levados para 18ª Brigada de Fronteira.

Segundo a unidade, todos os militares estão bem. No dia do naufrágio estavam com princípio de hipotermia por ter ficado muito tempo na água, mas já estão recuperados.

Confira a nota do Exército:

Informo que durante Missão do plano de emprego do Pelotão Especial de Fronteira de Porto Índio PEF PI, de Reconhecimento da Fazenda Gaiva e Fazenda Acorizal e acesso a Serra do amolar, a embarcação Baia Vermelha 115HP virou devido as ondas na Baia Gaiva naufragou , próximo ao Marco Norte de Gaiva, por volta das 0810h. Ela ficou com seu bico aflorado e todo o material estava ancorado. Não houve ferimentos aos integrantes.

Após tentativas de contato rádio sem sucesso pelo PEF, outro Grupo de Combate iniciou o deslocamento para um possível resgate, às 12h. Em seguida, uma embarcação de turismo Lord, apareceu para ajudar no resgate de 3 militares e chegaram ao Pelotão Especial de Fronteira. O 2 Grupo de Combate continuou o deslocamento até o ponto informado para rebocar a embarcação acidentada e resgatar os outros 3 militares do 1*Grupo de Combate.

Às 14h, material e pessoal chegaram ao Pelotão Especial de Fronteira de Porto Índio. E foi resgatado a embarcação e o material, que estava ancorado mais próximo ao motor.

Os militares estão bem, no dia na naufrágio estavam com princípio de hipotermia por ter ficado muito tempo na agua, mas agora todos estão bem.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois turistas são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória no rio Miranda
Alerta
Últimos dias para inscrições em editais da Funarte
Imunização
Quem pode se vacinar contra Covid neste fim de semana
1 hora a menos
Agepan defende o retorno do horário de verão para economia de energia em MS
74 vagas
Concurso público da Sanesul recebe inscrições até 11 de novembro
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19
Orientação
O que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
CNH MS Social
Programa de habilitação gratuita já tramita na Assembleia Legislativa
Tempo
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Precaução
Tradicional Procissão Fluvial é cancelada devido previsão de mal tempo

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19