Menu
quarta, 28 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Tribunal de Contas sai em defesa de seu conselheiro

13 setembro 2018 - 19h33Correio do Estado

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS), Waldir Neves Barbosa, saiu em defesa de seu colega, Márcio Monteiro, conselheiro da mesma corte. Em nota oficial da instituição, assinada por ele, Neves afirmou: “O TCE/MS confia na retidão e no caráter do seu membro e, ao mesmo tempo, deposita integral confiança na Justiça para que os fatos sejam devidamente esclarecidos”.

Márcio Monteiro, conselheiro do TCE desde o ano passado, mas também ex-secretário de Fazenda, ex-deputado federal e estadual, e ex-prefeito de Jardim, foi preso pela Polícia Federal na última quarta-feira (12) na Operação Vostok.

Ele integra esquema de emissão de notas frias para legalizar propina paga pelo frigorífico JBS, a um grupo com vários integrantes, como por exemplo, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Conforme a Polícia Federal, Monteiro teria transferido R$ 333,2 mil em benefício do governador em 2016. Ele teria sido um dos pecuaristas emissores de notas fiscais frias. Todo o esquema de propina por meio de benefícios fiscais ao grupo JBS, causou um prejuízo de R$ 209 milhões aos cofres públicos.

“Segundo noticiado, a prisão se deu por motivos relacionados à vida particular do Conselheiro, na condição de produtor rural, e não guarda qualquer vinculação com sua atuação funcional no exercício do cargo que ocupa junto a esta Corte de Contas, sendo tais fatos, inclusive, anteriores a sua posse no Tribunal”, afirmou Waldir Neves.

O Tribunal de Contas informou que as atividades da corte prosseguirão normalmente, mesmo com seu conselheiro atrás das grades.

“Ressaltamos que esta Corte de Contas segue com suas atividades regulares, em estrito cumprimento ao que dispõem as Constituições Federal e Estadual, sua Lei Orgânica e seu Regimento Interno, sem prejuízo para a gestão pública e para a sociedade na efetivação do controle externo”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agricultura
Colheita do milho deve sofrer queda de mais de 2 milhões de toneladas
Destaque
MS mantém liderança no ranking da OPAS como melhor Estado que vacina contra Covid-19 no país
Olímpiadas
Tóquio: seleção brasileira vence a Arábia Saudita e avança às quartas
Calendário
Comprovação para a primeira chamada do Prouni termina hoje
Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
28 de julho
Dia do Agricultor: data valoriza papel dos trabalhadores rurais na economia
Com restrições
Visitas presenciais são retomadas a partir de 1º de agosto nos presídios de MS
Monitoramento
Ladário sai da bandeira vermelha e volta para laranja
Posicionamento
Com vacinação de profissionais da educação, volta às aulas presenciais é urgente
340 vagas
Matrículas para cursos de línguas do IFMS começam nesta quarta (28)

Mais Lidas

Em Corumbá
Receita Federal publica Edital para leilão de 82 lotes
Agressão
Homem é preso após arremessar cadeira contra esposa
Distribuição
Corumbá e Ladário recebem novas doses da vacina contra Covid
Novo Parceiro
Santhiago forma nova dupla e retorna para música