Menu
terça, 15 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Trade turístico de fronteira sela compromisso para promover o turismo na região

21 novembro 2016 - 10h51Redação

O 3º Seminário de Turismo de Fronteira Brasil-Paraguai se encerrou no último domingo, 20 e os participantes agora irão elaborar uma agenda propositiva de ações para em 2017 alavancar o turismo na região.

O evento, que contou com várias palestras no Centro de Convenções de Ponta Porã, visitas ao Parque Histórico Colônia de Dourados, Cerro Corá e Chacurru, foi realizado pela Prefeitura de Ponta Porã realiza em conjunto com Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul), Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Sindivarejo de Ponta Porã, Sebrae, ACEPP, Câmara de Indústria, Comércio y Turismo (PY), Convention & Visitors Bureau - Ponta Porã sem Fronteiras e a Secretaria Nacional de Turismo do Paraguai (Senatur).

“O trabalho do Cetur é atender às necessidades dos empresários e trabalhamos muito alinhados à CNC, que nos dá as diretrizes nacionais de desenvolvimento e o turismo de fronteira. Temos que trabalhar integrados e neste processo .entramos como organizador e fomentador”, diz  Nilde Brun, secretaria executiva do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) da Fecomercio-MS.

Assessora técnica do Cetur da CNC, Márcia Alves, ressalta a importância do turismo multiplural das fronteiras, que apresenta vantagens competitivas. “Temos 11 estados que têm fronteiras e entendemos que do ponto de vista econômico é fundamental porque todas as cidades limítrofes têm a ganhar. Mato Grosso do Sul, com duas fronteiras, tem uma situação privilegiada e a CNC participa desde o primeiro encontro, que ocorreu em Corumbá”. 

Pedro Gonzáles, governador do distrito de Amambay (PY),  ressaltou o forte potencial lembrando que em Pedro Juan há hoje sete mil acadêmicos de Medicina, número que subirá a 9 mil em 2017, estudantes que levam seus familiares para passeios, cuja permanência pode aumentar com destinos integrados. Também mencionou gestões para criação de vôo de Campo Grande a Pedro Juan e conexão a Assunção, lembrando que a infraestrutura é fundamental para alavancar o turismo. 

Neste mesmo sentido, a gerente da Senatur, Zully Trinidad, enfatizou a necessidade de trabalhar de forma articulada e despertar na comunidade o sentimento de pertencimento, alinhado à identidade de fronteira. “Precisamos mostrar ao mundo que Ponta Porã e Pedro Juan têm muito a oferecer e porque não sonharmos em ser um destino de convenções e eventos?”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTAVA ALCOOLIZADO
Condutor que atropelou e matou mulher na Rio Branco estava alcoolizado
VÍTIMA FATAL
Mulher morre atropelada por caminhonete na Avenida Rio Branco
CPI DA COVID
Na mira da CPI: Corumba é um dos municípios com irregularidades nas ações da Covid
SAÚDE
Vacina contra Influenza está aberta para novos públicos
EM TEMPOS DE PANDEMIA
Morador transforma calçada em jardim como forma de terapia
QUEDA DE MOTO
Homem fica ferido após queda de moto no Cristo
OPERAÇÃO HÓRUS
PMA prende dois caçadores, apreende três armas e munições e frustra caçada ilegal
ECONOMIA
Com alta no mercado internacional, saca do milho em MS valoriza 130% em um ano
GERAL
Prefeitura lança IPTU 2021 com até 30% de desconto para pagamento à vista
POLICIAL
PM frusta golpe em locadora e recupera dois veículos que seriam levados para a Bolívia

Mais Lidas

EM TEMPOS DE PANDEMIA
Morador transforma calçada em jardim como forma de terapia
VÍTIMA FATAL
Mulher morre atropelada por caminhonete na Avenida Rio Branco
ESTAVA ALCOOLIZADO
Condutor que atropelou e matou mulher na Rio Branco estava alcoolizado
CPI DA COVID
Na mira da CPI: Corumba é um dos municípios com irregularidades nas ações da Covid