Menu
sábado, 10 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Tiroteio entre gangues atinge adolescentes na praça do Nova Corumbá

04 fevereiro 2017 - 08h12Gesiane Medeiros

Quem passava pela praça do bairro Nova Corumbá, na noite desta sexta-feira (3), entre 22h e 23h40, presenciou cenas de terror. Segundo relato da mãe de uma das vítimas pela rede social, três jovens foram baleados e um deles estaria no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Adolescente de 17 anos, identificado pelas iniciais P.G.S.E. foi atingido na face e pescoço, outro (V.S.) alvejado na mão esquerda e uma terceira vítima na perna.

Apesar do perigo, a praça ficou repleta de curiosos. Foto: CDP

Informações do Corpo de Bombeiros, apontam apenas para duas vítimas, não há dados oficiais que confirmem o adolescente ferido na perna. Guarnição do 3° Grupamento do Corpo de Bombeiros da cidade socorreram a vítima em estado mais grave para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Guatós e, quando chegaram no local, o outro já havia sido levado para atendimento médico por testemunhas. Militares encontraram P.G.S.E. consciente e orientado, porém muito assustado, o rapaz insistia em dizer que não sabia como nem porque teria sido alvejado.

Ferimento da vítima alvejada na mão. Foto: Reprodução  

A mãe de V.S., atingido na mão esquerda, escreveu o seguinte relato por sua página na rede social: “Saiu um tiroteio na Praça da Nova Corumbá 2h atrás, às 10h da noite de ontem. Um dia atrás já tinha avisado meus filhos e minha nora que iria acontecer uma coisa ruim, mas não sabia dizer o que era. Aconteceu, meu filho Vinnyh Souzah levou um tiro na mão esquerda, outro rapaz na perna e outro no pescoço, esse foi para o CTI. Pois é, não acreditam no que a mãe fala, sou faladeira demais. Eu já tinha avisado”, desabafa a mãe.       

Relatos de testemunhas ao site Capital do Pantanal afirmam que os tiros eram disparados por integrantes de gangues rivais, dos bairros Guatós e Nova Corumbá. Pessoas que saiam do ensaio da escola de samba do bairro se deparavam com a situação e se assustavam. Segundo informações apuradas, o ocorrido nesta sexta-feira já é comum no bairro, moradores estão cansados de tanta violência. Relato afirma que os atiradores ameaçavam tomar o celular e matar quem fotografasse.

Até o momento a Polícia Militar não se pronunciou sobre o assunto. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei entra em vigor com alterações sobre uso de farol em rodovias
ECONOMIA
Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado
GERAL
Corumbá recebe primeira remessa de queijos produzidos em assentamento rural
ESPORTE
Botafogo e Volta Redonda enfrentam-se neste sábado à noite
GERAL
CMDCA realiza neste sábado prova de conhecimento específico para Conselheiros Tutelares Suplentes
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
GERAL
Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é acusado de agredir a própria mãe no bairro Vila Guarani
OPERAÇÃO
Operação Ágata Oeste tem resultados expressivos de apreensão de drogas e armas
SAÚDE
Campanha de vacinação contra a gripe começa na segunda
SAÚDE
Corumbá institui Núcleo de Reabilitação Pós Covid com atendimento multidisciplinar