Menu
terça, 28 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Socorro do FCO ao Pantanal traz alento para importante região do turismo de MS, afirma Fecomércio

11 dezembro 2020 - 08h49Assessoria

A Fecomércio MS participou nesta semana da 14ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste – Condel/Sudeco, que teve como um dos destaques uma linha especial de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste para os municípios da região do Pantanal, em 2021. Para o presidente do Sistema Fecomércio MS, Edison Araújo, os recursos trazem um alento para a região, que sofreu muitas perdas em razão das queimadas dos últimos meses.

"Além da tragédia ambiental, o comércio e o turismo também foram afetados. Esse crédito especial vem auxiliar os empresários e produtores rurais na recomposição de suas atividades, dando um fôlego para um recomeço. Por isso, é muito importante a atuação do Estado nesse processo de recuperação, pois o segmento do comércio de bens, serviços e turismo foi muito impactado pela pandemia e essa região sofreu ainda mais com as perdas dessa tragédia ambiental", explica Edison Araújo.

Ao todo, foram destinados para o Pantanal R$180 milhões dos recursos previstos para 2021. Em MS, serão beneficiados os municípios de Aquidauana, Bodoquena, Corumbá, Coxim, Miranda, Sonora, Porto Murtinho, Ladário e Rio Verde de Mato Grosso. 

 

Para o ano 2021, a Sudeco anunciou uma disponibilidade de aplicação de R$ 6 bilhões na distribuição do FCO entre os estados do Centro-Oeste. O montante total dos recursos para Mato Grosso do Sul no próximo ano será de R$ 1.698.371.829,00, sendo R$ 1,4 bi operados pelo Banco do Brasil; R$ 169 mil operados pelas cooperativas de crédito e R$ 84 mil a serem operados pelo BRDE.

A Fecomércio MS é a única Federação que está participando do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste – Condel/Sudeco, sendo representada pelo presidente do Sindicato da Empresas de Asseio e Conservação do Estado de Mato Grosso do Sul (SEAC), Daniel Felício, e pela economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS (IPF/MS), Daniela Dias.

O Condel/Sudeco foi criado pela Lei Complementar nº 129, de 8 de janeiro de 2009, órgão de administração colegiada e de natureza permanente, instituído como instância de deliberação superior da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste – SUDECO, e possui, como uma de suas principais competências, aprovar planos, diretrizes de ação e propostas de políticas públicas que priorizem as iniciativas voltadas para a promoção dos setores relevantes da economia regional, considerando informações do governo do Estado.

 

--

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tradição Popular
Entrega dos doces de Cosme e Damião é fé, devoção e caridade
Fronteira
Ex-vereador é morto por pistoleiros em Ponta Porã
Amambai
Ação conjunta apreende 260 Kg de maconha na rodovia MS 156
Costume Popular
Agetrat alerta motoristas sobre os cuidados no dia de São Cosme e Damião
Exemplo
Enfermeira de MS recebe prêmio nacional pelo trabalho na área de transplante de órgãos
Serviço
Últimos dias para licenciar veículos com placa final 9
Corumbá
Barraco de madeira é destruído pelo fogo na parte alta
Trânsito
Dois pedestres são atropelados durante conversão de via no Guatós
Ventania
Queda de mais de 10 árvores bloquearam a rodovia BR 262
Oportunidade
Fundação do Trabalho oferta 1.953 vagas de emprego em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Queimadas
Vento forte faz fogo se espalhar e famílias ribeirinhas são resgatadas na madrugada
Fronteira
Ex-vereador é morto por pistoleiros em Ponta Porã
Trânsito
Dois pedestres são atropelados durante conversão de via no Guatós
Tradição Popular
Entrega dos doces de Cosme e Damião é fé, devoção e caridade