Menu
terça, 11 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Sistema agrometeorológico para celular e tablet ganha versão mais interativa

06 maio 2017 - 08h55Redação

O aplicativo Agritempo GIS, que fornece informações agrometeorológicas em tempo real, acaba de ganhar uma versão mais amigável e interativa. Criado para a plataforma Android, ele fornece informações agrometeorológicas atualizadas diariamente, para todo o Brasil. O software também disponibiliza, com acesso gratuito, índices de seca e previsão de geadas.

Mapas de monitoramento e previsão para a agricultura, gerados em tempo real, agora podem ser consultados com um toque na tela do smartphone ou tablet. “A grande vantagem da nova versão é a visualização. É só clicar no mapa”, conta o pesquisador da Embrapa Informática Agropecuária Ariovaldo Luchiari Júnior. Para saber como está a disponibilidade de água no solo, por exemplo, é só selecionar esse item no menu que é mostrado na tela um mapa numa escala de cores indicando a distribuição espacial dessa condição no País.

Além disso, basta mais um clique para se ter acesso às informações referentes ao local onde o usuário se encontra, que são apresentadas com muita rapidez, com indicação do respectivo bioma. Outra novidade é que podem ser selecionados pontos no mapa e adicionados à lista de locais favoritos. Ainda é possível fazer buscas e consultar a descrição das indicações de cada mapa apresentado.

O aplicativo oferece a mesma funcionalidade disponível no Sistema de Monitoramento Agrometeorológico Agritempo <www.agritempo.gov.br> disponível na internet, chamada WebGIS, que integra dados agrometeorológicos georreferenciados. Os vários mapas estão distribuídos em categorias que incluem estiagem, estiagem agrícola, evapotranspiração, precipitação, temperatura, condições para tratamento fitossanitário e para manejo do solo, necessidade de irrigação e condições para colheita, entre outras.

“Com esse app, o monitoramento agrometeorológico ganha mobilidade”, destaca André Fachini Minitti, analista de transferência de tecnologia da Embrapa Informática Agropecuária. O Agritempo GIS usa o sistema de posicionamento global, ou GPS, do celular ou tablet, identificando automaticamente onde o usuário se encontra. As informações ajudam a fazer o monitoramento de forma mais rápida e também subsidiam a tomada de decisão por produtores, agentes de extensão, consultores agrícolas, agências de crédito e seguro rural.

Para Luciano Vieira Koenigkan, analista da Embrapa Informática Agropecuária e um dos desenvolvedores da tecnologia, uma vantagem de se usar esses serviços espaciais é que são baseados em padrões abertos e permitem que outros sistemas se conectem a eles e façam uso dos dados. “As tecnologias geoespaciais trazem melhoria na forma de visualizar a informação. É possível ver mais detalhes nos mapas e de uma forma localizada”, explica. Essa plataforma é bastante acessível e também permitirá adicionar novas fontes de informações geográficas no futuro.

Mais de 1.600 estações meteorológicas

Desde 2002, é possível consultar informações agrometeorológicas na internet pelo Agritempo. Desenvolvido em parceria entre a Embrapa Informática Agropecuária e o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o sistema conta com uma base de dados gerada por cerca de 40 instituições. São mais de 1.600 estações meteorológicas distribuídas pelo País que fornecem registros diários.

Para atender à crescente demanda por tecnologias que informatizam o gerenciamento das atividades agrícolas, em 2015 foi criado o aplicativo Agritempo. A ideia foi levar a informação até o campo auxiliando na rápida tomada de decisão. Essa tecnologia também apresenta mapas de monitoramento e previsão, índices de seca e previsão de geadas, mas os mapas são estáticos.

Segundo Raíssa de Almeida Papa, coordenadora de Risco Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), as funcionalidades do Agritempo GIS auxiliam na identificação e dimensionamento dos riscos climáticos inerentes à atividade agrícola concomitante às informações publicadas pelas portarias do Zoneamento Agrícola de Risco Climático. “Esta ferramenta será muito útil para o monitoramento agrícola, devido à agilidade da informação, e tem o intuito de minimizar a exposição do produtor ao risco climático, reduzindo-se assim as perdas decorrentes de eventos adversos e, consequentemente, garantindo a sustentabilidade da atividade ao produtor”, afirma.

Como obter:
O Agritempo WebGIS está disponível aqui para dispositivos com sistema Android.
Conheça outros aplicativos da Embrapa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PRF apreende mais de 7 toneladas de maconha em MS
POLICIAL
PF realiza prisão por tráfico interestadual de drogas e apreende 200 kg de maconha
EDUCAÇÃO
IFMS investe no aprimoramento de atividades não presenciais
MEIO AMBIENTE
Parque Municipal de Piraputangas recebe observação de aves
HOMENAGEM
Câmara homenageia OAB de Corumbá pelo seu 63º aniversário de fundação
CIDADANIA
Abertas as inscrições para a 2ª edição do programa Juventude Empreendedora
GERAL
Após recomendação da Anvisa, Estados e prefeituras mudam vacinação de grávidas
GERAL
CPI da Covid questiona presidente da Anvisa sobre vacinas nesta terça
ECONOMIA
Produtividade cai 2,5% no primeiro trimestre de 2021, aponta pesquisa da CNI
GERAL
Maio da Diversidade LGBT+ terá mais de 100 ações do Governo MS

Mais Lidas

POLICIAL
PM encerra festa clandestina em casa abandonada e prende foragido da justiça
POLICIAL
Homem é preso por infração de medida sanitária e desobediência
POLICIAL
Casal é preso após briga no bairro Dom Bosco
POLICIAL
PRF recupera veículo e liberta homem que estava mantido em cárcere privado